quarta-feira, outubro 27, 2021
23 C
São Vicente
22.9 C
Santos
21.4 C
Peruíbe
23 C
Praia Grande
22.8 C
Itanhaém
22.8 C
Guarujá
23.1 C
Mongaguá
23 C
Bertioga

MEC muda previsão e prevê volta às aulas presenciais em universidades março

Leia mais

Polícia apreende mais de 50 kg de cocaína em galpão em Praia Grande

Na tarde da última terça-feira (26), a Polícia Civil apreendeu mais de 53 kg de cocaína em um galpão, em Praia Grande,...

Fidifest: 7ª edição será online e começa nesta terça-feira

A 7ª edição do Fidifest - Festival Internacional de Dança teve início nesta última terça-feira (26), e pela primeira vez a programação...

O que é febre maculosa? Doença matou um policial militar

A morte de um policial por febre maculosa, doença transmitida pelo carrapato-estrela, comuns em capivaras e cavalos, foi confirmada nesta terça-feira (26)....

São Vicente oferece cursos gratuitos

A Prefeitura de São Vicente, na Baixada Santista, disponibiliza 60 vagas para cursos de qualificação profissional de diferentes áreas. Os cursos são...

O Ministério da Educação (MEC) publicou nova portaria que diz que as instituições públicas e privadas de ensino superior devem retomar as aulas presenciais a partir de 1º de março de 2021. A medida altera a portaria anterior, de 2 de dezembro, que previa a retomada a partir de 4 de janeiro.

A nova regra foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” desta segunda-feira (7). O texto é assinado pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, e também revoga portaria de junho que trata da substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais durante a pandemia.

A nova portaria prevê que as aulas presenciais só serão retomadas “recomendada a observância de protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia de Covid-19”.

Recursos digitais ‘em caráter excepcional’

A portaria também estabelece que “os recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais” poderão ser utilizados “em caráter excepcional” como forma de “integralização da carga horária das atividades pedagógicas” como forma de enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Além disso, o texto informa que esses recursos previstos poderão ser usados em casos de:

  • suspensão das atividades letivas presenciais por determinação das autoridades locais
  • condições sanitárias locais que tragam riscos à segurança das atividades

Caso as instituições utilizem esses recursos “educacionais digitais, tecnologias da informação e comunicação ou outros meios convencionais”, deverão comunicar ao MEC em até 15 dias.

Reportagem: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Polícia apreende mais de 50 kg de cocaína em galpão em Praia Grande

Na tarde da última terça-feira (26), a Polícia Civil apreendeu mais de 53 kg de cocaína em um galpão, em Praia Grande,...

Fidifest: 7ª edição será online e começa nesta terça-feira

A 7ª edição do Fidifest - Festival Internacional de Dança teve início nesta última terça-feira (26), e pela primeira vez a programação...

O que é febre maculosa? Doença matou um policial militar

A morte de um policial por febre maculosa, doença transmitida pelo carrapato-estrela, comuns em capivaras e cavalos, foi confirmada nesta terça-feira (26)....

São Vicente oferece cursos gratuitos

A Prefeitura de São Vicente, na Baixada Santista, disponibiliza 60 vagas para cursos de qualificação profissional de diferentes áreas. Os cursos são...

Vereadores de São Vicente aprovam redutor de IPTU e desconto de 5% em cota única

Na terça-feira dia 26, um pedido de urgência na pautação do reajuste do IPTU, causou desconforto para os 15 vereadores da cidade...