terça-feira, novembro 8, 2022
17.9 C
São Vicente
17.9 C
Santos
15.8 C
Peruíbe
17.9 C
Praia Grande
16.5 C
Itanhaém
19.5 C
Guarujá
17.5 C
Mongaguá
18.4 C
Bertioga

Motoristas entram em greve e frota do transporte coletivo é reduzida em São Vicente

Leia mais

Mulher é covardemente agredida na praia, em Guarujá 

Uma mulher de 40 anos, foi espancada pelo próprio marido com chutes e socos, em uma praia do Guarujá, na baixada Santista....

Atacadista oferece mais de 600 vagas de emprego temporário

O Assaí Atacadista abre mais de 600 vagas temporárias. As oportunidades de atuação no período de festas representam uma possibilidade de renda...

PAT de Praia Grande oferece 28 novas vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Praia Grande oferece 28 novas vagas de emprego, em diferentes cargos. Sendo 11 vagas exclusivamente para pessoas com...

Corpo é encontrado dentro de fogueira em Guarujá

Um corpo ainda não identificado foi encontrado em chamas em uma fogueira montada às margens da Rodovia Cônego Domênico Rangoni, em Guarujá,...

Os motoristas responsáveis pelo transporte coletivo de São Vicente, no litoral de São Paulo, entraram em greve na manhã desta terça-feira (22). Os funcionários da Otrantur, concessionária encarregada de oferecer o serviço, afirmam que não receberam o vale-alimentação e o adiantamento do salário deste mês. Uma liminar da Justiça determinou que, durante os horários de pico, a frota deverá funcionar com 100% de capacidade.

Um motorista da empresa, que preferiu não se identificar, explicou que os profissionais estão em estado de greve há um mês, quando foi realizada uma assembleia com os motoristas, empresa e o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários de Santos (Sindrod), que representa a categoria.

Na assembleia, ficou acordado que os motoristas receberiam, no dia 20 deste mês, o vale-refeição, além do adiantamento do salário, a cesta básica e a segunda parcela do 13º salário. A reclassificação dos motoristas também estava na pauta de reivindicações. “Estávamos trabalhando em ônibus grande com salário de microonibus”, explicou o funcionário.

Segundo o Sindrod, a empresa conseguiu cumprir parcialmente o acordo. Ela pagou as cestas básicas, a parcela restante do 13º salário e reclassificou os motoristas que trabalham nos ônibus convencionais. No entanto, ainda ficou faltando o vale-refeição e o adiantamento do salário.

Por conta disso, uma nova assembleia foi realizada às 4h desta terça e os motoristas decidiram entrar em greve. Uma liminar da Justiça do Trabalho determinou que, durante os horários de pico, ou seja, das 7h às 9h e das 16h às 19h, 100% da frota deverá funcionar na cidade. No entanto, fora destes horários, os veículos funcionarão com apenas 60% da frota total.

De acordo com o Sindrod, a paralisação parcial só será encerrada quando a empresa pagar os valores devidos ou quando for feita uma reconciliação na Justiça.

Otrantur

A Otrantur informou que os colaboradores entraram em estado de greve constitucionalmente garantido e devidamente aparado pela legislação e autorizada pela justiça trabalhista.

Segundo a empresa, os impactos causados por todos os percalços que foram enfrentados desde o início da operação municipal tem sido devastadores. Primeiro, o fechamento da ponte, depois chuvas e alagamentos e, por fim, a pandemia.

A Otrantur disse que buscou construir uma alternativa para honrar o vale adiantamento e o vale-alimentação, porém, não houve outra fonte de recurso. A empresa afirma que buscou junto a Prefeitura desde novembro a compra antecipada de vale-transporte, porém, o município nada fez para ajudar a não deixar o passageiro sem o transporte.

A Otrantur ainda falou que aguarda a audiência prevista para essa terça-feira, lamentou o fato ocorrido, e disse que reafirma o compromisso de propiciar um transporte de qualidade e eficiente ao vicentino.

Reportagem: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Mulher é covardemente agredida na praia, em Guarujá 

Uma mulher de 40 anos, foi espancada pelo próprio marido com chutes e socos, em uma praia do Guarujá, na baixada Santista....

Atacadista oferece mais de 600 vagas de emprego temporário

O Assaí Atacadista abre mais de 600 vagas temporárias. As oportunidades de atuação no período de festas representam uma possibilidade de renda...

PAT de Praia Grande oferece 28 novas vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Praia Grande oferece 28 novas vagas de emprego, em diferentes cargos. Sendo 11 vagas exclusivamente para pessoas com...

Corpo é encontrado dentro de fogueira em Guarujá

Um corpo ainda não identificado foi encontrado em chamas em uma fogueira montada às margens da Rodovia Cônego Domênico Rangoni, em Guarujá,...

Novembro Roxo: ONG promove a causa da prematuridade na Baixada Santista

Esse é o mês internacional de sensibilização para a causa da prematuridade. No dia 17 de novembro, comemoramos...