sexta-feira, maio 7, 2021
22.2 C
São Vicente
22.2 C
Santos
20.4 C
Peruíbe
22.2 C
Praia Grande
20.1 C
Itanhaém
22.2 C
Guarujá
19.8 C
Mongaguá
22.2 C
Bertioga

Ministro anula condenações de Lula na Lava Jato e ex-presidente volta a ser elegível

Leia mais

Covid-19: Praia Grande vacinará neste sábado trabalhadores da área da saúde

Praia Grande realizará neste sábado (8), fornecerá a imunização contra o covid-19 aos trabalhadores da área da saúde. A aplicação será realizada...

Bom Prato homenageia as Mães com cardápio Especial

Nesta sexta-feira (7), em homenagem ao Dia das Mães, o Bom Prato oferecerá cardápio especial no almoço, em todas as unidades espalhada...

São Vicente pode contar com nove profissionais do Programa mais Médicos

Após muitas denuncias feitas pela população, sobre a escassez de médicos nas UBS (Unidade Básica de Saúde) e PSF (Programa de Saúde...

Trânsito: Campanha maio amarelo em São Vicente

Em busca de um trânsito mais seguro, a Secretaria de trânsito e transporte (SETRANS), realiza neste mês a campanha maio amarelo.Com...

O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta segunda-feira (8) a anulação de todas as condenações proferidas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela 13ª Vara Federal da Justiça Federal de Curitiba, responsável pela Lava Jato.

Lula tinha sido condenado em duas ações penais, por corrupção e lavagem, nos casos do tríplex de Guarujá e do sítio de Atibaia. O ministro entendeu que as decisões não poderiam ter sido tomadas pela vara responsável pela operação e determinou que os casos sejam reiniciados pela Justiça Federal do Distrito Federal.

Assim, as condenações que retiravam os direitos políticos de Lula não têm mais efeito e ele e pode se candidatar nas próximas eleições, em 2022.

Ainda não há data para o julgamento do caso pelo conjunto de ministros e isso só ocorrerá se o Ministério Público Federal recorrer da decisão. A corte ainda deverá decidir se julga o caso no plenário ou na 2ª Turma, geralmente mais favorável aos pedidos do petista.

Na decisão, Fachin argumentou que os delitos imputados ao ex-presidente não correspondem a atos que envolveram diretamente a Petrobras e, por isso, a Justiça Federal de Curitiba não deveria ser a responsável pelo caso.

Fachin disse que a questão da competência da 13ª Vara Federal do Paraná já havia sido levantada indiretamente pela defesa, mas que esta foi a primeira vez que a defesa apresentou um pedido que “reúne condições processuais de ser examinado, diante do aprofundamento e aperfeiçoamento da matéria pelo STF”.

Por causa da sentença do tríplex, o ex-presidente ficou preso por um ano e sete meses, entre 2018 e 2019, e não pôde disputar a última eleição presidencial, barrado pela Lei da Ficha Limpa.

O ex-presidente já vinha tentando anular as condenações por meio de um pedido de habeas corpus no qual questionava a imparcialidade do ex-juiz Sergio Moro, que expediu a sentença no caso do apartamento na Baixada Santista.

Já a segunda sentença, sobre a propriedade rural no interior de São Paulo, foi expedida pela juíza Gabriela Hardt.

Fonte: Folha Press 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Covid-19: Praia Grande vacinará neste sábado trabalhadores da área da saúde

Praia Grande realizará neste sábado (8), fornecerá a imunização contra o covid-19 aos trabalhadores da área da saúde. A aplicação será realizada...

Bom Prato homenageia as Mães com cardápio Especial

Nesta sexta-feira (7), em homenagem ao Dia das Mães, o Bom Prato oferecerá cardápio especial no almoço, em todas as unidades espalhada...

São Vicente pode contar com nove profissionais do Programa mais Médicos

Após muitas denuncias feitas pela população, sobre a escassez de médicos nas UBS (Unidade Básica de Saúde) e PSF (Programa de Saúde...

Trânsito: Campanha maio amarelo em São Vicente

Em busca de um trânsito mais seguro, a Secretaria de trânsito e transporte (SETRANS), realiza neste mês a campanha maio amarelo.Com...

Munícipes se revoltam com acampamento feito por moradores em situação de rua

Pessoas em situação de rua, armam acampamento embaixo de viaduto no bairro explanada do barreiros, isso está causando desconforto e transtornos aos...