quarta-feira, setembro 22, 2021
20.3 C
São Vicente
20.2 C
Santos
18.4 C
Peruíbe
20.3 C
Praia Grande
21.1 C
Itanhaém
19.4 C
Guarujá
18.9 C
Mongaguá
19.5 C
Bertioga

Restrições impostas por governadores é criticada por Bolsonaro

Leia mais

Após descumprir medida protetiva e agredir ex-companheira; homem é preso em Juquiá, SP

Na última segunda-feira (20), um homem de 37 anos foi preso após descumprir diversas vezes uma medida protetiva em favor da ex-companheira...

PF realiza operação contra fraude na montagem de hospitais de campanha

Nesta terça-feira (21), a Polícia Federal (PF) realiza uma operação para investigar fraudes na montagem de hospitais de campanha. Estão sendo cumpridos...

Cadeirantes ocupam vagas de estacionamento em São Vicente em ação no Dia de Luta da Pessoa com Deficiência

Nesta terça feira (21), Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Cadeirantes se posicionaram nas vagas de estacionamento destinadas à portadores...

Corpo de um homem morto a tiros com as mãos amarradas é encontrado em Cubatão, SP

Na noite da última segunda-feira (20), um homem ainda não identificado, foi encontrado morto em uma região de mata na Ilha Caraguatá,...

O presidente Jair Bolsonaro criticou novamente, hoje (11), as medidas restritivas impostas por governadores como prevenção à disseminação do novo coronavírus no país. Para Bolsonaro, “lockdown não é remédio” para o combate ao vírus e pode agravar situações, como o desemprego e a saúde mental da população.

“Sou preocupado com vidas”, disse o presidente. “Mas, como sempre disse, a economia e a vida tem que andar de mãos dadas. Temos dois problemas que se agravam, o vírus e o desemprego”.

Bolsonaro participou nesta quinta-feira, por videoconferência, de encontro da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também discursou no evento.

De acordo com o presidente, somando com auxilio emergencial, foi gasto no ano passado por volta de R$ 700 bilhões para enfrentamento à pandemia de covid-19. “Lá atrás quando se decidiu pela política de lockdown, do confinamento, do ‘fica em casa’, o objetivo era dar tempo dos hospitais se aparelharem, para que fossem feitos hospitais de campanha, para que fizessem leitos de UTIs, se comprassem respiradores. E não faltou dinheiro por parte do governo federal”, disse.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Após descumprir medida protetiva e agredir ex-companheira; homem é preso em Juquiá, SP

Na última segunda-feira (20), um homem de 37 anos foi preso após descumprir diversas vezes uma medida protetiva em favor da ex-companheira...

PF realiza operação contra fraude na montagem de hospitais de campanha

Nesta terça-feira (21), a Polícia Federal (PF) realiza uma operação para investigar fraudes na montagem de hospitais de campanha. Estão sendo cumpridos...

Cadeirantes ocupam vagas de estacionamento em São Vicente em ação no Dia de Luta da Pessoa com Deficiência

Nesta terça feira (21), Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Cadeirantes se posicionaram nas vagas de estacionamento destinadas à portadores...

Corpo de um homem morto a tiros com as mãos amarradas é encontrado em Cubatão, SP

Na noite da última segunda-feira (20), um homem ainda não identificado, foi encontrado morto em uma região de mata na Ilha Caraguatá,...

Homem baleado nas nádegas pelo garupa de uma motocicleta em Bertioga, SP

Na noite do último domingo (18), Um homem foi baleado nas nádegas pelo garupa de uma motocicleta, em Bertioga, no litoral de...