quarta-feira, novembro 9, 2022
19.6 C
São Vicente
19.6 C
Santos
15.8 C
Peruíbe
19.6 C
Praia Grande
15.8 C
Itanhaém
18.2 C
Guarujá
16.5 C
Mongaguá
17.8 C
Bertioga

Sincomércio diz: que 10% dos comércios da Região já fecharam as portas

Leia mais

Fumar cotonete: nova moda entre jovens e crianças traz riscos à saúde

Um novo desafio do TikTok está preocupando os especialistas. Agora, uma nova tendência levanta riscos entre o público jovem: fumar cotonete. A...

Praia Grande abre processo seletivo para vagas de auxiliar de guarda-vidas temporário

Os interessados já podem se inscrever para o novo processo seletivo para as vagas remanescentes e temporárias de auxiliar de guarda-vidas, de...

PAT de Guarujá oferece 20 novas vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Guarujá, na Baixada Santista, oferece 21 novas oportunidades de emprego. Há vagas para diversas...

Procon-SP alerta consumidores para a Black Friday

A Black Friday 2022, evento que promove descontos e ofertas, começa dia 25 de novembro no Brasil. O Procon-SP divulgou algumas recomendações...

O governo de São Paulo anunciou, nesta quinta-feira (11), a Fase Emergencial do Plano São Paulo, cujas medidas restritivas valerão entre os dias 15 e 30 de março. Agora, até mesmo atividades essenciais terão restrições mais rígidas.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista (Sincomércio-BS), Omar Abdul Assaf, criticou a decisão. “Entendo que nós precisamos salvar vidas, mas as vidas de muitos comerciantes estão sendo seriamente afetadas e até perdidas”.

Segundo ele, o comércio foi um dos mais atingidos com as paralisações e, diferentemente do ano passado, não há nenhuma perspectiva de ajuda. “No ano passado, o Governo Federal ajudou com recursos e prorrogou o pagamento de todos os seus impostos por vários meses como o FGTS, o PIS, o INSS, o COFINS e até o Imposto de Renda, além de ter pago o salário de alguns funcionários que tiveram redução de jornada. Dessa vez, não temos nenhum recurso para manter as portas dos estabelecimentos abertas”, lamentou.

Omar Abdul Assaf disse, ainda, que o novo plano deveria autorizar pelo menos o funcionamento em sistema de take away, e afirmou que 10% dos estabelecimentos comerciais da Baixada já fecharam as portas e, com essa nova restrição, muitos mais devem seguir o mesmo caminho. 

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Fumar cotonete: nova moda entre jovens e crianças traz riscos à saúde

Um novo desafio do TikTok está preocupando os especialistas. Agora, uma nova tendência levanta riscos entre o público jovem: fumar cotonete. A...

Praia Grande abre processo seletivo para vagas de auxiliar de guarda-vidas temporário

Os interessados já podem se inscrever para o novo processo seletivo para as vagas remanescentes e temporárias de auxiliar de guarda-vidas, de...

PAT de Guarujá oferece 20 novas vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Guarujá, na Baixada Santista, oferece 21 novas oportunidades de emprego. Há vagas para diversas...

Procon-SP alerta consumidores para a Black Friday

A Black Friday 2022, evento que promove descontos e ofertas, começa dia 25 de novembro no Brasil. O Procon-SP divulgou algumas recomendações...

Destaque do carnaval paulista é achada morta em casa

Vítima de um infarto, um dos grandes nomes do carnaval paulista, a passista Michelle da Costa Chaga, conhecida como Michelle Mibow, de...