sexta-feira, agosto 12, 2022
19 C
São Vicente
19 C
Santos
18.1 C
Peruíbe
19 C
Praia Grande
18.6 C
Itanhaém
18.9 C
Guarujá
18.8 C
Mongaguá
19 C
Bertioga

Pesquisadores da Sinovac diz que CoronaVac parece ser segura e cria anticorpos em crianças e adolescentes

Leia mais

Frentista morre após ser atingido por explosão de carro com GNV 

O frentista Alyf Cruz, de 21 anos, morreu após ser atingido pela explosão de um carro que estava sendo abastecido com Gás Natural...

Menino de 11 anos não aguentou ver a mãe ser agredida e denuncia o próprio pai

Um homem de 31 anos foi preso após agredir sua esposa em Santos. O filho do casal, de 11 anos, foi quem...

Gerente da Volkswagen do Brasil morre em Rodovia Padre Manoel da Nóbrega

O gerente de Qualidade de Produto da Volkswagen do Brasil, Walace de Castro Lacerda Junior, de 49 anos, morreu ao capotar o...

Após viralizar, mascote de feira ganha forma de amendoim em SP

O mascote da Feira Nacional do Amendoim de Jaboticabal (SP), está de cara nova, após viralizar em 2019. O personagem, viralizou...

Pesquisadores da Sinovac Biotech apontam em estudos preliminares que vacina CoronaVac parece ser segura e capaz de provocar reações imunológicas em crianças e adolescentes, conforme testes iniciais a intermediários.

A empresa informou nesta segunda-feira (22) que os dados preliminares são de testes clínicos iniciais a intermediários com mais de 500 crianças e adolescentes com idades entre 3 e 17 anos, que receberam duas doses médias ou baixas da vacina ou um placebo.

A maioria das reações adversas foi branda, disse Zeng Gang, pesquisador da empresa, em uma conferência acadêmica em Pequim.

Segundo relatos, duas crianças que receberam a dose menor tiveram febre alta e foram categorizadas como grau 3, disse pesquisador, sem dar detalhes ou especificar as temperaturas.

Os níveis de anticorpos desencadeados pela vacina CoronaVac foram maiores do que aqueles vistos em adultos de 18 a 59 anos e em pessoas idosas em testes clínicos anteriores, disse Zeng na apresentação.

Para crianças de 3 a 11 anos, a dose menor conseguiu induzir reações de anticorpos favoráveis, e a dose média funcionou bem nos jovens de 12 a 17 anos, acrescentou o pesquisador.

Os dados preliminares ainda não foram publicados em um periódico científico analisado pela comunidade científica.

Os testes de estágio avançado da Sinovac no exterior, que avaliam a capacidade da vacina para impedir a covid-19, ainda não incluíram menores de idade.

A empresa também está testando uma terceira dose como mais um reforço em ensaio clínico na China, com os participantes recebendo esta dose cerca de oito meses após receber a segunda.

A Sinovac já forneceu 160 milhões de doses de vacina a 18 países e regiões, incluindo a própria China. Mais de 70 milhões de doses do imunizante já foram aplicadas.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Frentista morre após ser atingido por explosão de carro com GNV 

O frentista Alyf Cruz, de 21 anos, morreu após ser atingido pela explosão de um carro que estava sendo abastecido com Gás Natural...

Menino de 11 anos não aguentou ver a mãe ser agredida e denuncia o próprio pai

Um homem de 31 anos foi preso após agredir sua esposa em Santos. O filho do casal, de 11 anos, foi quem...

Gerente da Volkswagen do Brasil morre em Rodovia Padre Manoel da Nóbrega

O gerente de Qualidade de Produto da Volkswagen do Brasil, Walace de Castro Lacerda Junior, de 49 anos, morreu ao capotar o...

Após viralizar, mascote de feira ganha forma de amendoim em SP

O mascote da Feira Nacional do Amendoim de Jaboticabal (SP), está de cara nova, após viralizar em 2019. O personagem, viralizou...

Google vai avisar quando não tem muitas informações confiáveis na busca

O Google anunciou nesta quinta-feira (11), que alertará os usuários nas buscas em que identifica ter poucas informações de alta qualidade. O recurso já...