domingo, agosto 14, 2022
20 C
São Vicente
20 C
Santos
14.6 C
Peruíbe
17.2 C
Praia Grande
15.5 C
Itanhaém
17.2 C
Guarujá
17 C
Mongaguá
17.8 C
Bertioga

Justiça reconhece morte de caminhoneiro com Covid-19 como acidente de trabalho

Leia mais

Dupla de ladrões roubam loja de celular no centro e causam terror em SV

Na noite de hoje, aparentemente, os dois ladrões que roubaram uma padaria no Bitaru, atacaram hoje uma loja de celulares localizada...

Cadastro de bons motoristas começa a valer em setembro no país

O Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), também conhecido como cadastro de bons motoristas, começa a valer em setembro. O...

Santos oferece 124 vagas para rede brasileira de restaurantes

O Centro Público de Emprego e Trabalho (CPET) de Santos, oferece 124 vagas de emprego em uma rede brasileira de restaurantes. As...

Homem é flagrado furtando bateria de carro em Santos

Um homem foi flagrado furtando a bateria de um carro, em Santos. A ação foi registrada por uma câmera de segurança, na...

Em Minas Gerais, a Justiça do Trabalho classificou como acidente de trabalho o óbito de um motorista de caminhão que contraiu Covid-19 e morreu devido a doença. A empresa deverá arcar com uma indenização no valor de R$ 200 mil por danos morais. As informações são do Jornal Extra.

O valor será dividido entre a filha e a companheira do profissional. A decisão foi tomada pelo juiz Luciano José de Oliveira, de Três Corações, em Minas Gerais.

Em suas alegações, os parentes da vítima afirmaram que a contaminação pelo coronavírus só se deu devido ao trabalho executado pelo motorista de transportadora, o qual precisou ser internado e morreu pela doença ainda em 2020.

A empresa afirmou que a morte não seria um acidente de trabalho porque sempre cumpriu as determinações das autoridades sanitárias e forneceu equipamentos para reduzir os riscos de contaminações aos seus funcionários, mas o magistrado determinou que os familiares do motorista tiveram razão ao alegar que o caminhão pode ter sido dirigido por outras pessoas em pátios de carga e descarga. Além disso, ele apontou que a empresa não provou que era realizada a sanitização da cabine sempre que os profissionais se alternavam na direção.

Por fim, o juiz apontou que era impossível não apontar que o motorista estava mais exposto ao perigo do que os outros funcionários devido suas funções serem consideradas como essenciais. Já a indenização por danos morais ficou definida em R$ 100 mil para cada uma de suas dependentes e o magistrado determinou, também, indenização por danos materiais uma vez que o motorista era, de fato, o único provedor do lar.

Devido a isso, o juiz determinou a obrigação de indenizar a filha com dever de pensionamento pelo menos até ela completar 24 anos de idade, quando poderá, perante a lei, garantir sua subsistência. Já a viúva deverá receber pensão até a data na qual o motorista viria a completar 76 anos de idade, expectativa média de vida do homem no Brasil segundo o IBGE.

Um recurso foi apresentado à Justiça, mas ainda aguarda julgamento no TRT de Minas Gerais.

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Dupla de ladrões roubam loja de celular no centro e causam terror em SV

Na noite de hoje, aparentemente, os dois ladrões que roubaram uma padaria no Bitaru, atacaram hoje uma loja de celulares localizada...

Cadastro de bons motoristas começa a valer em setembro no país

O Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), também conhecido como cadastro de bons motoristas, começa a valer em setembro. O...

Santos oferece 124 vagas para rede brasileira de restaurantes

O Centro Público de Emprego e Trabalho (CPET) de Santos, oferece 124 vagas de emprego em uma rede brasileira de restaurantes. As...

Homem é flagrado furtando bateria de carro em Santos

Um homem foi flagrado furtando a bateria de um carro, em Santos. A ação foi registrada por uma câmera de segurança, na...

Criminoso são flagrados enterrando drogas na areia da praia de Santos

Uma câmera de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) de Santos, flagrou três criminosos enterrando maconha e cocaína na areia da...