domingo, janeiro 23, 2022
27.4 C
São Vicente
27.3 C
Santos
26.7 C
Peruíbe
27.4 C
Praia Grande
27.7 C
Itanhaém
27.2 C
Guarujá
27.5 C
Mongaguá
27.1 C
Bertioga

Serviço funerário gratuito para vítimas da pandemia é aprovado na Câmara de Santos

Leia mais

Carro usado para levar PM morto após tiro nas costas é encontrado

Um homem de 30 anos, suspeito na participação da morte do policial militar Jeferson Chapani Szklarski, de 38 anos, foi preso em...

Vazamento de dados pessoais de 160 mil chaves Pix

O Banco Central comunicou mais uma ocorrência de vazamento de dados pessoais de clientes vinculado a chaves do Pix, agora na instituição ...

Atriz Elizangela é internada em estado grave com sequelas da Covid

A atriz Elizangela, de 67 anos, foi internada na quinta-feira (20), em Guapimirim, na Baixada Fluminense. Em estado grave com sequelas respiratórias da Covid....

Bolsonaro volta ao Brasil para velório e enterro da mãe

Após interromper uma viagem internacinal e retornar ao Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (PL) chega em Eldorado, no interior de São Paulo,...

A Câmara Municipal de Santos, aprovou em segunda discursão um Projeto de Lei, de caráter de urgência do Vereador Sérgio Santana (PL), onde assegura os serviços funerários gratuitamente as vítimas de doenças pandêmicas ou endêmicas, com risco de contágio, como a Covid-19. O Projeto de Lei encaminhado para sanção ou veto do prefeito Rogério Santos (PSDB).

O Projeto de Lei, garantirá que a Prefeitura assuma os custos pelo caixão, transporte, embalsamento, ornamentação do corpo e também a documentação para despachos aéreos ou terrestres, nacionais ou internacionais do falecido.

Como justificativa, o vereador apontou que “não poder velar seu morto talvez seja a maior dor que uma família pode passar, em tempos de pandemia”.

A pretensão é “que a família tenha somente a preocupação de minimizar a saudade que irá certamente doer por muito tempo”.

Apesar de aprovada em segunda discussão, a Procuradoria prestou um parecer apontando que o projeto de lei apresentaria um ‘vício de iniciativa’, devendo ter sido indicado pelo Executivo e não pelo Legislativo. O projeto segue para sanção ou veto do prefeito de Santos.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Carro usado para levar PM morto após tiro nas costas é encontrado

Um homem de 30 anos, suspeito na participação da morte do policial militar Jeferson Chapani Szklarski, de 38 anos, foi preso em...

Vazamento de dados pessoais de 160 mil chaves Pix

O Banco Central comunicou mais uma ocorrência de vazamento de dados pessoais de clientes vinculado a chaves do Pix, agora na instituição ...

Atriz Elizangela é internada em estado grave com sequelas da Covid

A atriz Elizangela, de 67 anos, foi internada na quinta-feira (20), em Guapimirim, na Baixada Fluminense. Em estado grave com sequelas respiratórias da Covid....

Bolsonaro volta ao Brasil para velório e enterro da mãe

Após interromper uma viagem internacinal e retornar ao Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (PL) chega em Eldorado, no interior de São Paulo,...

Fiocruz aponta alta em casos de síndrome respiratória aguda

O Boletim InfoGripe Fiocruz, divulgado hoje (21) pela Fundação Oswaldo Cruz, aponta crescimento significativo de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)...