terça-feira, dezembro 7, 2021
23.3 C
São Vicente
24 C
Santos
20.6 C
Peruíbe
23.3 C
Praia Grande
23.3 C
Itanhaém
23.3 C
Guarujá
23.2 C
Mongaguá
23.3 C
Bertioga

Ex-deputado é indiciado pela Justiça por lesão corporal culposa e porte ilegal de arma

Leia mais

São Vicente atinge 75% da população geral imunizada contra o covid-19

O público alvo da campanha, ou seja, pessoas acima de 12 anos, número salta para 90% dos vicentinos vacinados contra a Covid-19....

Cruzamento “da morte” no Jóquei em SV recebe lombadas

Diversos acidentes, inclusive fatais, vinham acontecendo com muita frequência no cruzamentos das ruas Galeão Coutinho e Dom Duarte da Costa, no bairro...

Jovem morre após corrida de 10 KM em Santos

No último domingo (5), um atleta amador passou mal durante uma corrida de 10 KM e morreu após receber atendimento médico, em...

Mila Moreira, atriz e modelo, morre aos 75 anos

Na madrugada desta segunda-feira (6), aos 75 anos, morre a atriz Mila Moreira. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, na Zona...

A Justiça determinou que o ex-deputado estadual Luciano Batista seja indiciado por posse ilegal de arma e lesão corporal culposa. A arma dele foi apreendida em junho de 2020, quando a Polícia Militar atendeu a ocorrência de uma menina de cinco anos, que foi atacada na orla da praia pelo pit bull de Batista. A defesa alega que, no momento adequado, serão apresentadas as razões que motivarão a absolvição dele.

O caso ocorreu em junho de 2020, na orla da praia do Itararé, em São Vicente. Após ser mordida na cabeça pelo cachorro do ex-deputado, a menina foi encaminhada ao Hospital Municipal, o antigo ‘Crei’, onde passou pelos primeiros atendimentos médicos.

A advogada Natália Bezan Xavier Lopes, que representa a família, explicou que a menina sofreu graves ferimentos no rosto e na mão esquerda, além de ter a cabeça dilacerada pelo cachorro. A cirurgia foi bem sucedida e a vítima recebeu alta posteriormente.

A Polícia Militar informou que apreendeu uma arma de fogo de posse do Batista, sendo que a pistola estava com registro vencido – desde 2011 – junto ao Sistema Nacional de Armas (Sinarm).

O Ministério Público apresentou uma denúncia em julho deste ano, que foi acolhida pela Justiça, o inquérito policial apontou que Batista caminhava com o cachorro apenas de coleira, sem enforcador e fucinheira, itens exigidos para cães da raça pit bull, conforme Decreto Estadual Nº 48.533. A defesa nega que o ex-deputado estava desprovido de enforcador.

A criança teve um dano estético extenso na região facial e já fez a primeira cirurgia plástica reparadora, com o intuito de remover a cicatriz hipertrófica que ficou como sequela do ataque. A menina ainda passará por outras cirurgias.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

São Vicente atinge 75% da população geral imunizada contra o covid-19

O público alvo da campanha, ou seja, pessoas acima de 12 anos, número salta para 90% dos vicentinos vacinados contra a Covid-19....

Cruzamento “da morte” no Jóquei em SV recebe lombadas

Diversos acidentes, inclusive fatais, vinham acontecendo com muita frequência no cruzamentos das ruas Galeão Coutinho e Dom Duarte da Costa, no bairro...

Jovem morre após corrida de 10 KM em Santos

No último domingo (5), um atleta amador passou mal durante uma corrida de 10 KM e morreu após receber atendimento médico, em...

Mila Moreira, atriz e modelo, morre aos 75 anos

Na madrugada desta segunda-feira (6), aos 75 anos, morre a atriz Mila Moreira. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, na Zona...

Corrida de cavalos e charretes assusta moradores de Praia Grande

Milhares de pessoas disputaram uma corrida com charretes ou circularam com cavalos nas vias de Praia Grande, na Baixada santista. Uma operação...