domingo, agosto 14, 2022
17.2 C
São Vicente
17.2 C
Santos
14.6 C
Peruíbe
17.2 C
Praia Grande
15.5 C
Itanhaém
17.2 C
Guarujá
17 C
Mongaguá
17.8 C
Bertioga

Como é o dia-a-dia dos cadeirantes em São Vicente

Leia mais

Dupla de ladrões roubam loja de celular no centro e causam terror em SV

Na noite de hoje, aparentemente, os dois ladrões que roubaram uma padaria no Bitaru, atacaram hoje uma loja de celulares localizada...

Cadastro de bons motoristas começa a valer em setembro no país

O Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), também conhecido como cadastro de bons motoristas, começa a valer em setembro. O...

Santos oferece 124 vagas para rede brasileira de restaurantes

O Centro Público de Emprego e Trabalho (CPET) de Santos, oferece 124 vagas de emprego em uma rede brasileira de restaurantes. As...

Homem é flagrado furtando bateria de carro em Santos

Um homem foi flagrado furtando a bateria de um carro, em Santos. A ação foi registrada por uma câmera de segurança, na...

A falta de manutenção das vias públicas gera muitos transtornos para quem mora em São Vicente. Enquanto gravávamos a reportagem, por exemplo, flagramos uma pedestre que caiu em um buraco e se machucou.


Se já é difícil para ela, imagina para quem é deficiente físico.

Encontramos o Júlio Cesar no Centro de São Vicente. Ele teve paralisia infantil aos 9 anos de idade e nos contou como é a rotina de quem é cadeirante na cidade. “É horrível! Eu mesmo, tenho que andar muitas vezes no meio da rua porque não tem como andar nessas calçadas. E é perigoso ter que andar entre os carros porque o pessoal tira ‘fina’ da gente, mas não tem outro jeito”.

A falta de acessibilidade não gera transtornos apenas no ir e vir do seu Júlio Cesar. Ele vende balas no semáforo na Avenida Conselheiro Nébias, em Santos. “O cadeirante tem aquele problema do emprego porque não é em todo lugar que é adaptado para um cadeirante. Eu já tive várias recusas de trabalho, locais que eu tinha o currículo pra poder trabalhar, mas não consigo trabalhar porque não tenho acessibilidade”.

E pra chegar até o local de trabalho informal, a locomoção também é um grande problema. “O elevador vive quebrando, não tem manutenção periódica. Eles saem da garagem, muitas vezes, sem conferir se o elevador está funcionando”.

Segundo a Lei Complementar nº 987, de Uso e Ocupação do Solo do Município de São Vicente, (Art. 4º, item XVI), “São diretrizes para o parcelamento, uso e ocupação do solo: a garantida acessibilidade no espaço urbano e no uso do solo, de acordo com legislação vigente.

De acordo com o Portal da Transparência da Câmara Municipal de São Vicente, o tema “Acessibilidade” para pessoas com deficiência física não foi levado à pauta durante todo o ano de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Dupla de ladrões roubam loja de celular no centro e causam terror em SV

Na noite de hoje, aparentemente, os dois ladrões que roubaram uma padaria no Bitaru, atacaram hoje uma loja de celulares localizada...

Cadastro de bons motoristas começa a valer em setembro no país

O Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), também conhecido como cadastro de bons motoristas, começa a valer em setembro. O...

Santos oferece 124 vagas para rede brasileira de restaurantes

O Centro Público de Emprego e Trabalho (CPET) de Santos, oferece 124 vagas de emprego em uma rede brasileira de restaurantes. As...

Homem é flagrado furtando bateria de carro em Santos

Um homem foi flagrado furtando a bateria de um carro, em Santos. A ação foi registrada por uma câmera de segurança, na...

Criminoso são flagrados enterrando drogas na areia da praia de Santos

Uma câmera de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) de Santos, flagrou três criminosos enterrando maconha e cocaína na areia da...