quinta-feira, setembro 23, 2021
17.4 C
São Vicente
17.3 C
Santos
16.8 C
Peruíbe
17.4 C
Praia Grande
17.4 C
Itanhaém
17.8 C
Guarujá
17.1 C
Mongaguá
19.3 C
Bertioga

Há 40 anos, Koyu Iha renunciava à Prefeitura de São Vicente; entenda a históra

Leia mais

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

Há exatos 40 anos, no início daquela tarde ensolarada, a notícia correu de boca em boca a uma velocidade incrível:”O KOYU RENUNCIOU!””KOYU NÃO É MAIS PREFEITO!””KOYU SAIU!”

Parecia apenas um boato, mas logo, as ondas das rádios locais confirmavam insistentemente que o chefe do Executivo vicentino colocara de fato o cargo à disposição, cumprindo assim uma promessa feita semanas antes.

Aos que ainda não entendiam, inevitáveis interrogações pairavam no ar, as quais foram rapidamente dissolvidas com uma ética postura: Koyu entregara a cadeira por não concordar com a prorrogação do mandato por mais dois anos, afinal, fora eleito para governar a cidade por quatro anos, quatro anos ficaria e os quatro anos expiraram no dia anterior.

Desse modo, estava convicto de que tomara a atitude correta, determinada por sua ilibada consciência e, de cabeça erguida, deixou o Palácio Martim Afonso na condição de um político que cumpriu com todas as suas obrigações; e obrigações que tiveram méritos.

Dali até as eleições programadas para novembro de 1982, voltava a ser um cidadão comum, que, independente de cargos, sempre amou a sua cidade. Dos 3794 prefeitos que havia no Brasil de 1980, apenas Koyu Iha e o então prefeito de Ubatuba, José Nélio de Carvalho recusaram a prorrogação de seus mandatos.

A nobre atitude de Koyu entrou para a História de São Vicente e lhe valeu uma admiração, que, se já era grande, tornou-se quase unânime, que por sua vez desdobrou-se em uma brilhante sequência na vida política, assim elegendo-se novamente à Assembleia Legislativa em 1982 e depois à Câmara Federal por três mandatos consecutivos (1986. 1990 e 1994), em todos eles, sempre articulando e desdobrando-se de modo incansável para atender aos interesses e anseios de São Vicente e região.

Em suma, Koyu Iha é um grande exemplo das melhores qualidades de um ser humano e que poderia, ou melhor, que pode muito bem ser seguido pelas novas gerações da política vicentina.

Imagens: reprodução da matéria publicada na edição de 3/2/1981 do jornal A Tribuna

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

TJ-SP exigirá comprovante de vacinação contra a covid-19 para liberar acesso de entrada em Fóruns

A partir da próxima segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça (TJ) passará a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para...