sábado, junho 12, 2021
21.4 C
São Vicente
21.3 C
Santos
17.5 C
Peruíbe
21.4 C
Praia Grande
21.5 C
Itanhaém
21.3 C
Guarujá
21.3 C
Mongaguá
21.3 C
Bertioga

Pesquisa mostra redução no custo de cesta básica em capitais brasileiras

Leia mais

São Vicente terá dia e horários de vacinação contra Covid-19 ampliados em posto dentro do shopping

Com a entrada de um novo público-alvo na campanha da vacinação contra o covid-19, a Prefeitura por meio da Secretaria da saúde...

Profissionais da limpeza e coletores de lixo são vacinados contra a Covid-19, em São Vicente

Ao todo, foram vacinados 210 profissionais deste público-alvo, sendo 150 da Terracom e 60 da Coopernatureza. O ponto de...

Estado avalia possível área para construção de conjunto habitacional em São Vicente

Nesta quinta-feira (10), o prefeito de São Vicente Kayo Amado, junto com a Secretária de Habitação Camila Oliveira, e a Secretária do...

São Vicente imuniza contra o covid-19, munícipes de 55 a 59 anos, sem comorbidades

Nesta sexta-feira (11), São Vicente, antecipará a imunização de pessoas de 55 a 59 anos, sem comorbidades, que sejam cadastrados no programa...

O custo da cesta básica caiu em fevereiro em 12 das 17 capitais brasileiras analisadas na Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, feita mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Nas demais cinco capitais, o preço da cesta aumentou.

As maiores reduções foram registradas em Campo Grande (-4,67%), Brasília (-3,72%), Belo Horizonte (-3,16%), Vitória (-2,46%) e Goiânia (-2,45%).

Já a capital onde ocorreu a maior alta no mês foi João Pessoa (2,69%), seguida por Curitiba (2,33%), Natal (2,19%), Belém (1,11%) e Porto Alegre (1,03%).

A cesta básica mais cara do país é a de Florianópolis, com custo médio de R$ 639,81. A mais barata é a de Aracaju, com custo médio de R$ 445,90.

Com base na cesta mais cara, a de Florianópolis, o Dieese estimou que o salário mínimo necessário para suprir as despesas de um trabalhador e da família dele com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência seria de R$ 5.375,05, o que corresponde a 4,89 vezes o salário mínimo vigente, de R$ 1.100.

Fonte: agencia Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

São Vicente terá dia e horários de vacinação contra Covid-19 ampliados em posto dentro do shopping

Com a entrada de um novo público-alvo na campanha da vacinação contra o covid-19, a Prefeitura por meio da Secretaria da saúde...

Profissionais da limpeza e coletores de lixo são vacinados contra a Covid-19, em São Vicente

Ao todo, foram vacinados 210 profissionais deste público-alvo, sendo 150 da Terracom e 60 da Coopernatureza. O ponto de...

Estado avalia possível área para construção de conjunto habitacional em São Vicente

Nesta quinta-feira (10), o prefeito de São Vicente Kayo Amado, junto com a Secretária de Habitação Camila Oliveira, e a Secretária do...

São Vicente imuniza contra o covid-19, munícipes de 55 a 59 anos, sem comorbidades

Nesta sexta-feira (11), São Vicente, antecipará a imunização de pessoas de 55 a 59 anos, sem comorbidades, que sejam cadastrados no programa...

São Vicente antecipa imunização de profissionais da Educação entre 18 a 44 anos para sexta-feira (11)

São Vicente, litoral Paulista, antecipará para sexta-feira (11), a imunização dos profissionais da Educação entre 18 a 44 anos, respeitando o Plano...