sábado, maio 28, 2022
29.6 C
São Vicente
30.1 C
Santos
27.9 C
Peruíbe
30.1 C
Praia Grande
26.4 C
Itanhaém
26.8 C
Guarujá
27.5 C
Mongaguá
28.3 C
Bertioga

Sinistro: Homem fantasiado de ‘morte’ recepciona turistas que descem para o Litoral

Leia mais

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

“A morte pede carona”. Não, esse não é o filme de 1986 do diretor Robert Harmon. E essa ‘morte’ nem estava pedindo carona. Na verdade ela estava apenas acenando para os motoristas que desciam para o litoral norte de São Paulo no final da tarde da última sexta-feira (26) pela Rio-Santos.

O intuito da ação era conscientizar os turistas de que, ao contrário do que muitos pensam, estamos vivendo um período crítico na Região devido à Covid-19, com algumas cidades já colapsadas – sem vagas de UTI – e outras com ocupações de leitos superiores a 90%. 

O analista de sistemas Flávio Miguel Bernardi (29) estava voltando do trabalho, em São Paulo, e viu ‘a morte’ frente a frente.

“Quando olhei, pensei: que p**** é essa? Aí saquei o intuito do cara e achei bem criativo. Ao contrário da maioria ali eu estava voltando de dois dias de trabalho na Capital, pois moro no Litoral Norte, mas a placa do meu carro é de São Paulo, então tive que parar nessa barreira. Não estava a passeio, pois nem clima para isso nós temos. Olha a quantidade de gente morrendo por conta desse vírus”, lembra.

Algumas pessoas acabavam virando o rosto para evitar contato direto com os olhos da ‘morte’. 

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

26 de maio, Dia de Concientização Nacional do Glaucoma

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo -...