terça-feira, dezembro 7, 2021
23.3 C
São Vicente
24 C
Santos
20.6 C
Peruíbe
23.3 C
Praia Grande
23.3 C
Itanhaém
23.3 C
Guarujá
23.2 C
Mongaguá
23.3 C
Bertioga

Médico faz apelo: “Estamos perdendo a guerra para o vírus”

Leia mais

São Vicente atinge 75% da população geral imunizada contra o covid-19

O público alvo da campanha, ou seja, pessoas acima de 12 anos, número salta para 90% dos vicentinos vacinados contra a Covid-19....

Cruzamento “da morte” no Jóquei em SV recebe lombadas

Diversos acidentes, inclusive fatais, vinham acontecendo com muita frequência no cruzamentos das ruas Galeão Coutinho e Dom Duarte da Costa, no bairro...

Jovem morre após corrida de 10 KM em Santos

No último domingo (5), um atleta amador passou mal durante uma corrida de 10 KM e morreu após receber atendimento médico, em...

Mila Moreira, atriz e modelo, morre aos 75 anos

Na madrugada desta segunda-feira (6), aos 75 anos, morre a atriz Mila Moreira. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, na Zona...

O infectologista Evaldo Stanislau fez um apelo para a população de Santos, pedindo que as pessoas cumpram o isolamento social durante o período de lockdown na cidade.

Stanislau fez um apelo para que a população se conscientize sobre a importância de ficar em casa neste momento. “Queria cumprimentar quem está obedecendo as regras, usando máscara e praticando a higiene. Parabéns! E quem não está? E quem acha que é mais importante ir na praia, socializar, passear? Para esses, eu queria dar um recado: ‘nós estamos perdendo a guerra para o vírus’”, disse.

Segundo o médico, o momento exige um esforço dos santistas para que o município consiga diminuir o nível de contágio da doença nos próximos dias. Atualmente, Santos tem 92% de taxa de ocupação dos leitos de UTI para covid-19.

“A quantidade de pessoas esperando uma vaga para se internar é enorme. Mesmo que a pessoa interne, sobretudo se for em UTI e for intubada, a letalidade (chance de morrer de covid) é muito grande. Na falta da vacina – não tem vacina para todo mundo – e não vai ter vacina tão cedo para todo mundo, a única medida que nos cabe agora é o distanciamento. Então, eu faço um apelo: obedeçam as autoridades, fiquem em casa”, recomendou o infectologista.

Para Stanislau, caso o lockdown seja bem sucedido, Santos poderá em breve viver um cenário melhor, com uma queda nos números de casos e óbitos pela doença, bem como isso pode significar um alívio para a rede de saúde da cidade. “Vamos ser muito rigorosos nesses dias de restrição, para que daqui a 14 ou 20 dias, a gente consiga ao menos desacelerar a pandemia na nossa cidade e região. Lembrando que o sucesso do lockdown depende de cada um de nós fazer a sua parte”, concluiu.

Fonte: Santa Portal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

São Vicente atinge 75% da população geral imunizada contra o covid-19

O público alvo da campanha, ou seja, pessoas acima de 12 anos, número salta para 90% dos vicentinos vacinados contra a Covid-19....

Cruzamento “da morte” no Jóquei em SV recebe lombadas

Diversos acidentes, inclusive fatais, vinham acontecendo com muita frequência no cruzamentos das ruas Galeão Coutinho e Dom Duarte da Costa, no bairro...

Jovem morre após corrida de 10 KM em Santos

No último domingo (5), um atleta amador passou mal durante uma corrida de 10 KM e morreu após receber atendimento médico, em...

Mila Moreira, atriz e modelo, morre aos 75 anos

Na madrugada desta segunda-feira (6), aos 75 anos, morre a atriz Mila Moreira. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, na Zona...

Corrida de cavalos e charretes assusta moradores de Praia Grande

Milhares de pessoas disputaram uma corrida com charretes ou circularam com cavalos nas vias de Praia Grande, na Baixada santista. Uma operação...