segunda-feira, outubro 18, 2021
20.6 C
São Vicente
20.7 C
Santos
18.6 C
Peruíbe
20.6 C
Praia Grande
20.1 C
Itanhaém
20.7 C
Guarujá
20.2 C
Mongaguá
21.2 C
Bertioga

CPFL encontra fraudes de energia em três municipios da baixada santista

Leia mais

‘Elas Fazem’ abre nova turma para capacitar mulheres na área da construção civil

Nova oportunidade de capacitação para mulheres na área da construção civil. O projeto "Elas Fazem", abre nova turma na área de pequenos...

Prefeitura de São Vicente oferece capacitação para preparação de vitrines de lojas

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e relações do Trabalho (Sedect), em parceria com o Senac/Sebrae disponibiliza o curso de Vitrinismo...

Ônibus intermunicipal é apedrejado em tentativa de assalto em Praia Grande

Na noite de sábado (16), um ônibus que operava na linha 934EX da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU),...

Otrantur não paga empresas que sublocam micro-ônibus e frota é paralisada em São Vicente

Na manhã desta segunda-feira (18), representantes de empresas que sublocam os micro-ônibus para a Otrantur, responsável pelo transporte público de São Vicente,...

Durante os dias 11, 19 e 24 de maio, a CPFL Piratininga realizou, uma operações de combate a fraudes e furtos de energia em três municipios, inspecionando residências e comércios da baixada santista.

A equipes da empresa, encontraram ao todo, dezenas de ligações fraudulentas, popularmente chamado como “GATO” e ramais irregulares.

A CPFL Piratininga em parceria com a Polícia Civil, atuam constantemente inspecionando e identificando irregularidades, com objetivo de coibir essas ações criminosas, que piora a qualidade do fornecimento de energia para os demais consumidores e coloca em risco a vida da população, além de encarecer as tarifas para todos os clientes da distribuidora.

As fraudes e furtos de energia são crimes previstos no Código Penal, e a pena pode variar de um a quatro anos de detenção. Também são cobrados dos fraudadores os valores das tarifas referentes a todo o período em que ocorreu o roubo, acrescidos de multa. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) também distribui para todos os consumidores, por meio das tarifas de energia elétrica, parte dos prejuízos causados pelas “perdas comerciais”, como são denominadas as irregularidades. 

fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

‘Elas Fazem’ abre nova turma para capacitar mulheres na área da construção civil

Nova oportunidade de capacitação para mulheres na área da construção civil. O projeto "Elas Fazem", abre nova turma na área de pequenos...

Prefeitura de São Vicente oferece capacitação para preparação de vitrines de lojas

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e relações do Trabalho (Sedect), em parceria com o Senac/Sebrae disponibiliza o curso de Vitrinismo...

Ônibus intermunicipal é apedrejado em tentativa de assalto em Praia Grande

Na noite de sábado (16), um ônibus que operava na linha 934EX da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU),...

Otrantur não paga empresas que sublocam micro-ônibus e frota é paralisada em São Vicente

Na manhã desta segunda-feira (18), representantes de empresas que sublocam os micro-ônibus para a Otrantur, responsável pelo transporte público de São Vicente,...

PAT de São Vicente oferece 8 vagas de emprego

Nesta segunda-feira (18), o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), de São Vicente, na baixada santista oferece 8 novas oportunidades de...