sábado, novembro 5, 2022
18.5 C
São Vicente
18.5 C
Santos
15.5 C
Peruíbe
18.5 C
Praia Grande
16.7 C
Itanhaém
18.7 C
Guarujá
17.3 C
Mongaguá
17.3 C
Bertioga

Aprovada a lei para distribuição de absorventes a alunas da rede pública em SP

Leia mais

Rebeca Andrade é campeã mundial de ginástica

Rebeca Andrade provou ser o maior nome da ginástica brasileira na atualidade, conquistando o título do individual geral do Mundial de Ginástica...

Polícia Civil e MP investigam desvios de verba da educação em Santos e São Vicente

A 1ª Delegacia de Investigações Gerais da (DEIC) de Santos, com o apoio de promotores de Justiça do Gaeco do Ministério Público...

Mãe de adolescente flagrado dirigindo carro em rodovia responderá por crime de trânsito

Um adolescente de 15 anos foi flagrado pela Polícia Militar Rodoviária dirigindo um carro pela rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), na...

Criminosos se identificam como parente de moradora e tentam invadir apartamento 

Um casal se passou como parente de uma idosa para invadir um prédio, em Santos, na Baixada Santista, e tentaram arrombar a porta...

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, aprovou hoje (12) o Projeto de Lei (PL) 388 de 2021 que garante distribuição de absorventes descartáveis às alunas matriculadas na rede municipal de ensino.

A nova lei determina ainda que, além dos absorventes, também sejam fornecidas para as estudantes cestas de higiene contendo lenço umedecido, desodorante sem perfume, sabonete, escova de dentes, creme dental e fio dental.

Com o objetivo de evitar a evasão escolar. Uma pesquisa realizada pela Unicef [Fundo das Nações Unidas para a Infância] indica que as alunas do ensino fundamental faltam às aulas no período menstrual no Brasil. Portanto, o projeto, além de garantir que todas as alunas sejam assistidas no seu cuidado pessoal, possibilitando que elas não tenham prejuízos à vida escolar e à aprendizagem.

Os recursos utilizados para a compra dos kits de higiene serão provenientes do Programa de Transferência de Recursos Financeiros (PTRF) da Secretaria Municipal de Educação.

A partir de agora, essas meninas vão receber os absorventes nas escolas. A nova lei vai garantir que elas não faltem às aulas, não repitam o ano e não tenham defasagem no aprendizado.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Rebeca Andrade é campeã mundial de ginástica

Rebeca Andrade provou ser o maior nome da ginástica brasileira na atualidade, conquistando o título do individual geral do Mundial de Ginástica...

Polícia Civil e MP investigam desvios de verba da educação em Santos e São Vicente

A 1ª Delegacia de Investigações Gerais da (DEIC) de Santos, com o apoio de promotores de Justiça do Gaeco do Ministério Público...

Mãe de adolescente flagrado dirigindo carro em rodovia responderá por crime de trânsito

Um adolescente de 15 anos foi flagrado pela Polícia Militar Rodoviária dirigindo um carro pela rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), na...

Criminosos se identificam como parente de moradora e tentam invadir apartamento 

Um casal se passou como parente de uma idosa para invadir um prédio, em Santos, na Baixada Santista, e tentaram arrombar a porta...

Menina morre afogada em caixa d’água improvisada de piscina em SV

Uma jovem de 15 anos morreu na tarde do último sábado (29)após se afogar em uma caixa d'água improvisada como piscina no...