segunda-feira, outubro 18, 2021
20.6 C
São Vicente
20.7 C
Santos
18.6 C
Peruíbe
20.6 C
Praia Grande
20.1 C
Itanhaém
20.7 C
Guarujá
20.2 C
Mongaguá
21.2 C
Bertioga

Motociclista que ateou fogo em morador de rua é condenado a 12 anos de prisão

Leia mais

‘Elas Fazem’ abre nova turma para capacitar mulheres na área da construção civil

Nova oportunidade de capacitação para mulheres na área da construção civil. O projeto "Elas Fazem", abre nova turma na área de pequenos...

Prefeitura de São Vicente oferece capacitação para preparação de vitrines de lojas

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e relações do Trabalho (Sedect), em parceria com o Senac/Sebrae disponibiliza o curso de Vitrinismo...

Ônibus intermunicipal é apedrejado em tentativa de assalto em Praia Grande

Na noite de sábado (16), um ônibus que operava na linha 934EX da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU),...

Otrantur não paga empresas que sublocam micro-ônibus e frota é paralisada em São Vicente

Na manhã desta segunda-feira (18), representantes de empresas que sublocam os micro-ônibus para a Otrantur, responsável pelo transporte público de São Vicente,...

O motociclista, de 29 anos, que ateou fogo em um morador em situação de rua de 56 anos em Santos, na baixada santista, foi condenado a 12 anos de prisão pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). 

Condenado a 12 anos de prisão, por tentativa de homicídio qualificado, por motivo torpe e meio cruel. O magistrado da Vara do Júri e Execuções do Fórum de Santos determinou na sentença que acusado não poderá apelar em liberdade. Pelo desconforto que o crime causou na sociedade, as graves lesões sofridas pela vítima e a existência de outros antecedentes em desfavor do acusado.

O crime ocorreu em dezembro de 2018, em uma avenida movimentada da cidade, o motociclista abordou o morador de rua com xingamentos e agressões físicas, acusando-o de tê-lo roubado um celular. Em certo momento, ele vai até um posto de combustíveis, onde compra um galão de etanol, encharca a vítima e, em seguida, acende um isqueiro, incendiando-a.

A decisão é em primeira instância, e cabe recurso. O processo corre em segredo de Justiça.

Na época do ataque, a vítima tinha 56 anos, sofreu queimaduras de segundo grau pelo corpo, chegando a ser internado, sem risco de morte. Já o motociclista foi preso horas depois em sua residência. Enquanto era detido, ele disse à polícia que estava arrependido do crime, e que teria agido de “cabeça quente”.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

‘Elas Fazem’ abre nova turma para capacitar mulheres na área da construção civil

Nova oportunidade de capacitação para mulheres na área da construção civil. O projeto "Elas Fazem", abre nova turma na área de pequenos...

Prefeitura de São Vicente oferece capacitação para preparação de vitrines de lojas

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e relações do Trabalho (Sedect), em parceria com o Senac/Sebrae disponibiliza o curso de Vitrinismo...

Ônibus intermunicipal é apedrejado em tentativa de assalto em Praia Grande

Na noite de sábado (16), um ônibus que operava na linha 934EX da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU),...

Otrantur não paga empresas que sublocam micro-ônibus e frota é paralisada em São Vicente

Na manhã desta segunda-feira (18), representantes de empresas que sublocam os micro-ônibus para a Otrantur, responsável pelo transporte público de São Vicente,...

PAT de São Vicente oferece 8 vagas de emprego

Nesta segunda-feira (18), o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), de São Vicente, na baixada santista oferece 8 novas oportunidades de...