segunda-feira, novembro 7, 2022
19 C
São Vicente
19 C
Santos
17.3 C
Peruíbe
19 C
Praia Grande
18.4 C
Itanhaém
19.6 C
Guarujá
18.2 C
Mongaguá
18.7 C
Bertioga

Programa estadual aumenta recursos destinados à hospitais da Baixada Santista

Leia mais

Anote ai: Caravana Natalina da Coca-Cola passará por SV, PG e Santos nos dias 6 e 7 de dezembro

A Caravana Natalina da Coca-Cola passará pelas cidades de Santos, São Vicente e Praia Grande em dezembro. O...

Tutora de labradora com câncer na pata vende camisetas para custear tratamento de R$ 20 mil

Foi um susto para Thaís Câmara, de 27 anos, tutora da labradora de apenas dois anos, diagnosticada com sarcoma (tumor maligno) na...

Suspeito de estar envolvido na morte de PM em feira livre é preso em São Vicente, SP

Um criminoso envolvido na morte do policial militar Amável Pinheiro Correa, de 71 anos, foi preso em uma comunidade de São Vicente, na...

Por falta de manutenção, cobertura do Deck do Pescador desaba em São Vicente

A cobertura do Deck do Pescador desabou em São Vicente. O acidente ocorreu após uma pequena fogueira que foi montada na estrutura....

Divulgado nesta última quinta-feira (29), o programa ‘Mais Santas Casas’, do Governo de São Paulo, destinará R$ 1,2 bilhão anualmente para a prestação de serviços de Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do estado. 

O aumento corresponde a 25% dos recursos monetários já destinados aos hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ou seja, será destinado uma quantia de R$ 250 milhões a mais nesse tipo de auxílio financeiro.

Na região, os hospitais beneficiados serão a Santa Casa de Santos, o Hospital Santo Amaro (Guarujá) e o Hospital Santo Antônio (Santos). As unidades que atingem maior público terão um aumento percentual maior no valor recebido do que os hospitais que atendem menos pacientes.

O programa estabelece três categorias de centros hospitalares. A primeira categoria é referente aos hospitais de maior porte, que possuem mais de 150 leitos incluindo UTIs, receberão 70% a mais do que já produzem pelo teto federal.

A segunda categoria abrange os hospitais de médio porte que atendem pelo SUS. Serão considerados hospitais dessa classificação aqueles que possuem aproximadamente 100 leitos, UTI receberão 40% a mais nos recursos do teto.

A terceira categoria é equivalente aos demais hospitais que atendem pelo SUS no estado. Para eles, independente do número de leitos, será destinado um aumento correspondente a 10% a mais do que produzem pelo teto federal.

Fonte:G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Anote ai: Caravana Natalina da Coca-Cola passará por SV, PG e Santos nos dias 6 e 7 de dezembro

A Caravana Natalina da Coca-Cola passará pelas cidades de Santos, São Vicente e Praia Grande em dezembro. O...

Tutora de labradora com câncer na pata vende camisetas para custear tratamento de R$ 20 mil

Foi um susto para Thaís Câmara, de 27 anos, tutora da labradora de apenas dois anos, diagnosticada com sarcoma (tumor maligno) na...

Suspeito de estar envolvido na morte de PM em feira livre é preso em São Vicente, SP

Um criminoso envolvido na morte do policial militar Amável Pinheiro Correa, de 71 anos, foi preso em uma comunidade de São Vicente, na...

Por falta de manutenção, cobertura do Deck do Pescador desaba em São Vicente

A cobertura do Deck do Pescador desabou em São Vicente. O acidente ocorreu após uma pequena fogueira que foi montada na estrutura....

Avião da FAB que desapareceu é encontrado totalmente destruído; dois ocupantes morreram

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que estava sumido em Santa Catarina foi encontrado neste sábado (5) em uma área de mata de Canelinha,...