sábado, maio 28, 2022
20.6 C
São Vicente
20.5 C
Santos
19 C
Peruíbe
20.5 C
Praia Grande
19.5 C
Itanhaém
20.5 C
Guarujá
20.4 C
Mongaguá
20.6 C
Bertioga

Vômito de baleia pode valer até R$ 7 milhões

Leia mais

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

Um pescador tailandês teve uma pescaria para lá de sortuda e que promete mudar sua vida para sempre. Um pedaço de “vômito de baleia”, de aproximadamente 30 kg, que pode valer até 1 milhão de libras, o equivalente a R$ 7 milhões.

O produto é considerado um tesouro marinho devido a um álcool inodoro extraído e muito usado pela indústria farmacêutica para fazer a fragrância do perfume durar mais. Um dos perfumes que utiliza o âmbar cinzento em sua composição é o francês Chanel Nº5.

Narong Phetcharaj, de 56 anos, relatou que voltava da pescaria quando, ao se aproximar da praia, viu algo branco flutuando no mar e sendo empurrado pela correnteza. Ao se aproximar percebeu que o objeto estranho poderia ser o raro vômito de baleia e que aquilo poderia lhe render um bom dinheiro.

Para comprovar que a substância se tratava do âmbar cinza, outro nome para o “vômito”, o pescador fez um teste simples: queimou um pedaço do caroço e, ao ver a substância se derreter rapidamente, teve o resultado esperado. Especialistas da Universidade Príncipe de Songkla avaliaram e os resultados provaram que a “grande pedra branca” era do vômito de baleia.

O âmbar cinza ou vômito de baleia é uma substância que se forma a partir de uma secreção do ducto biliar nos intestinos das cachalotes, uma espécie gigante de cetáceo. Ele pode ser encontrado flutuando no mar ou arrastado pela correnteza até as costas litorâneas.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

26 de maio, Dia de Concientização Nacional do Glaucoma

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo -...