quarta-feira, dezembro 1, 2021
26.6 C
São Vicente
26.5 C
Santos
25.4 C
Peruíbe
26.7 C
Praia Grande
26.4 C
Itanhaém
26.2 C
Guarujá
27.6 C
Mongaguá
26.7 C
Bertioga

Marília Mendonça: Torres de alta tensão violavam zona de proteção de aeroporto e causa queda de avião

Leia mais

PAT de São Vicente oferece 19 novas oportunidades de emprego

Nesta quarta-feira (1), o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de São Vicente, na Baixada Santista, oferece 19 oportunidades de emprego em...

PAIXÃO DE GERAÇÃO: estética e bem-estar une mãe e filha

No esquina das ruas Bento Viana e Santa Cruz, mãe e filha seguem unidas, há mais de dez anos, a mesma missão:...

Itanhaém conta com reforço de 90 guarda-vidas para temporada de verão

A cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo, conta com mais 90 guarda-vidas temporários para atuarem nas praias da cidade durante...

Santos abre 60 vagas para curso voltado ao empreendedorismo

A Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo de Santos, na Baixada Santista, e o Sebrae abriram 60 vagas do curso Primeiros...

O avião que transportava a cantora e compositora Marília Mendonça e mais quatro pessoas caiu em um local de difícil acesso, a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte, e a apenas 2 quilômetros do aeroporto de Ubaporanga, onde deveria pousar.

Torres de alta-tensão estavam sendo montadas, oferecendo risco à aproximação. O relatório, chamado Infotemp, afirmavam que as torres que estavam sendo instaladas violando o plano básico de zona de proteção do aeroporto de Ubaporanga. O relatório que aponta essa irregularidade foi divulgado pelo sistema nos dias 3 de julho e 13 de setembro.

De acordo com o capitão Jefferson, da Polícia Militar, que acompanha a operação no local, a região é de difícil acesso, o que complica as condições da própria operação de resgate. 

A informação que se tem é que o avião iria pousar, mas teve alguma dificuldade e tentou fazer um pouso forçado. Infelizmente, caiu em uma região de cachoeiras, na zona rural, entre as cidades de Caratinga e Piedade de Caratinga a cerca de 2 quilômetros do aeroporto.

Os bombeiros identificaram cinco corpos presos às ferragens, entre eles o da cantora Marília Mendonça. Ela faria um show na noite desta sexta-feira (6) no Parque de Exposições de Caratinga. Além dela, o produtor Henrique Ribeiro e o tio e assessor de Marília, Abicieli Silveira Dias Filho, morreram e tiveram o corpo retirado da aeronave.

O piloto e o copiloto, que não tiveram a identidade revelada, são as outras vítimas do acidente. 

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

PAT de São Vicente oferece 19 novas oportunidades de emprego

Nesta quarta-feira (1), o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de São Vicente, na Baixada Santista, oferece 19 oportunidades de emprego em...

PAIXÃO DE GERAÇÃO: estética e bem-estar une mãe e filha

No esquina das ruas Bento Viana e Santa Cruz, mãe e filha seguem unidas, há mais de dez anos, a mesma missão:...

Itanhaém conta com reforço de 90 guarda-vidas para temporada de verão

A cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo, conta com mais 90 guarda-vidas temporários para atuarem nas praias da cidade durante...

Santos abre 60 vagas para curso voltado ao empreendedorismo

A Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo de Santos, na Baixada Santista, e o Sebrae abriram 60 vagas do curso Primeiros...

Centro Histórico de Santos terá primeira quadra pública de basquete

A Prefeitura de Santos, na Baixada Santista, irá inaugurar a primeira quadra pública de basquete 3x3, no Centro Histórico da cidade. O...