quarta-feira, dezembro 1, 2021
25.6 C
São Vicente
25.5 C
Santos
26.3 C
Peruíbe
29.6 C
Praia Grande
25 C
Itanhaém
25.2 C
Guarujá
26.3 C
Mongaguá
25.3 C
Bertioga

Acusado de matar namorada após crise de ciúmes é condenado a 21 anos de prisão

Leia mais

PAIXÃO DE GERAÇÃO: estética e bem-estar une mãe e filha

No esquina das ruas Bento Viana e Santa Cruz, mãe e filha seguem unidas, há mais de dez anos, a mesma missão:...

Itanhaém conta com reforço de 90 guarda-vidas para temporada de verão

A cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo, conta com mais 90 guarda-vidas temporários para atuarem nas praias da cidade durante...

Santos abre 60 vagas para curso voltado ao empreendedorismo

A Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo de Santos, na Baixada Santista, e o Sebrae abriram 60 vagas do curso Primeiros...

Centro Histórico de Santos terá primeira quadra pública de basquete

A Prefeitura de Santos, na Baixada Santista, irá inaugurar a primeira quadra pública de basquete 3x3, no Centro Histórico da cidade. O...

Nesta última terça-feira (9), acusado por matar a namorada, Viviane Santos de Freitas, de 36 anos, com facadas no pescoço durante uma crise de ciúmes em uma festa em São Vicente, na Baixada Santista. Bruno Simões dos Santos, da mesma idade, foi condenado a 21 anos e quatro meses de prisão.

O crime ocorreu, na festa de aniversário do cunhado de Viviane, no bairro Vila Margarida. No local, Viviane e a irmã conversavam com um rapaz, quando, segundo testemunhas, Bruno demonstrou ciúmes.

Bruno seguiu a namorada na ida ao banheiro e desferiu dois golpes de faca no pescoço dela. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Municipal da cidade no mesmo dia. Bruno foi preso em flagrante e, em seguida, teve a prisão convertida em preventiva, enquanto o processo estava em andamento. 

O julgamento começou por volta das 10h20, no Fórum de São Vicente, e foi finalizado por volta das 21h40, no no Fórum de São Vicente. O advogado de defesa do réu, João Carlos de Jesus Nogueira, explicou que defendeu a tese pela absolvição de Bruno.

O réu foi condenado a 21 anos e quatro meses de prisão, em regime inicial fechado. Ele foi condenado pela prática de feminicídio duplamente qualificado. A defesa do réu afirma que irá recorrer da decisão. A promotoria também relatou que irá recorrer para que Bruno cumpra uma pena maior.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

PAIXÃO DE GERAÇÃO: estética e bem-estar une mãe e filha

No esquina das ruas Bento Viana e Santa Cruz, mãe e filha seguem unidas, há mais de dez anos, a mesma missão:...

Itanhaém conta com reforço de 90 guarda-vidas para temporada de verão

A cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo, conta com mais 90 guarda-vidas temporários para atuarem nas praias da cidade durante...

Santos abre 60 vagas para curso voltado ao empreendedorismo

A Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo de Santos, na Baixada Santista, e o Sebrae abriram 60 vagas do curso Primeiros...

Centro Histórico de Santos terá primeira quadra pública de basquete

A Prefeitura de Santos, na Baixada Santista, irá inaugurar a primeira quadra pública de basquete 3x3, no Centro Histórico da cidade. O...

Empreenda Rápido: Praia Grande abre inscrições para cursos gratuitos

A Prefeitura Praia Grande, na Baixada Santista, abriu inscrições para cursos gratuitos de cupcakes e de tortas e quiches. Os cursos, com...