sexta-feira, maio 7, 2021
22.2 C
São Vicente
22.2 C
Santos
20.4 C
Peruíbe
22.2 C
Praia Grande
20.1 C
Itanhaém
22.2 C
Guarujá
19.8 C
Mongaguá
22.2 C
Bertioga

Não vai votar? Cuidado! Falta de justificativa impede expedição de documentos

Leia mais

Covid-19: Praia Grande vacinará neste sábado trabalhadores da área da saúde

Praia Grande realizará neste sábado (8), fornecerá a imunização contra o covid-19 aos trabalhadores da área da saúde. A aplicação será realizada...

Bom Prato homenageia as Mães com cardápio Especial

Nesta sexta-feira (7), em homenagem ao Dia das Mães, o Bom Prato oferecerá cardápio especial no almoço, em todas as unidades espalhada...

São Vicente pode contar com nove profissionais do Programa mais Médicos

Após muitas denuncias feitas pela população, sobre a escassez de médicos nas UBS (Unidade Básica de Saúde) e PSF (Programa de Saúde...

Trânsito: Campanha maio amarelo em São Vicente

Em busca de um trânsito mais seguro, a Secretaria de trânsito e transporte (SETRANS), realiza neste mês a campanha maio amarelo.Com...

O cidadão que não votar neste domingo (29), no segundo turno das eleições municipais, deverá justificar a ausência no pleito em até 60 dia na Justiça Eleitoral. A apresentação de justificativa de ausência em cada turno de votação deve ser feita separadamente. O voto é obrigatório para pessoas com mais de 18 anos e menos de 70.

Conforme explicado em matéria da Agência Brasil, o procedimento pode ser feito no site  da Justiça Eleitoral ou pelo aplicativo e-Título. Também é possível apresentar requerimento para a justificativa em qualquer zona eleitoral ou enviar a justificativa por via postal ao juiz da zona eleitoral em que está inscrito. O termo deve ser acompanhado de documento que comprove a ausência.

Não votar e não justificar a ausência na eleição podem criar uma série de dificuldades no dia a dia dos eleitores. De acordo com o Código Eleitoral, o cidadão não consegue tirar segunda via da carteira de identidade e nem expedir passaporte.

Se for funcionário público ou empregado de estatal, poderá ficar sem receber o pagamento do salário. Também não poderá obter empréstimos em bancos oficiais e nem receber benefícios previdenciários.

A lei impede a matrícula em estabelecimento de ensino público, a inscrição em concurso público e ser investido de cargo ou função pública. A lei ainda proíbe a participação em concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios. Saiba mais sobre as consequências de não apresentar a justificativa no site  do Tribunal Superior Eleitoral. 

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Covid-19: Praia Grande vacinará neste sábado trabalhadores da área da saúde

Praia Grande realizará neste sábado (8), fornecerá a imunização contra o covid-19 aos trabalhadores da área da saúde. A aplicação será realizada...

Bom Prato homenageia as Mães com cardápio Especial

Nesta sexta-feira (7), em homenagem ao Dia das Mães, o Bom Prato oferecerá cardápio especial no almoço, em todas as unidades espalhada...

São Vicente pode contar com nove profissionais do Programa mais Médicos

Após muitas denuncias feitas pela população, sobre a escassez de médicos nas UBS (Unidade Básica de Saúde) e PSF (Programa de Saúde...

Trânsito: Campanha maio amarelo em São Vicente

Em busca de um trânsito mais seguro, a Secretaria de trânsito e transporte (SETRANS), realiza neste mês a campanha maio amarelo.Com...

Munícipes se revoltam com acampamento feito por moradores em situação de rua

Pessoas em situação de rua, armam acampamento embaixo de viaduto no bairro explanada do barreiros, isso está causando desconforto e transtornos aos...