segunda-feira, maio 10, 2021
21.7 C
São Vicente
21.7 C
Santos
20 C
Peruíbe
21.7 C
Praia Grande
18.7 C
Itanhaém
21.7 C
Guarujá
18.1 C
Mongaguá
21.7 C
Bertioga

Guarujá terá mais 240 moradias para vítimas de deslizamentos de encostas

Leia mais

Praia Grande disponibilizará vacina contra covid-19 as Grávidas e puérperas com comorbidades

A partir da próxima terça-feira (11), a prefeitura de Praia Grande está disponibilizando vacina contra o covid-19, as grávidas e puérperas com...

Recém-nascido abandonado em matagal em Mongaguá

Nesta noite de quinta-feira (6), um recém-nascido foi abandonado em uma mochila no matagal, no bairro Vera Cruz, em mongaguá. Um grupo...

Covid-19: Praia Grande vacinará neste sábado trabalhadores da área da saúde

Praia Grande realizará neste sábado (8), fornecerá a imunização contra o covid-19 aos trabalhadores da área da saúde. A aplicação será realizada...

Bom Prato homenageia as Mães com cardápio Especial

Nesta sexta-feira (7), em homenagem ao Dia das Mães, o Bom Prato oferecerá cardápio especial no almoço, em todas as unidades espalhada...

O prefeito Válter Suman e o secretário municipal de Habitação, Marcelo Mariano, estão em Brasília hoje (15), no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), para assinar um convênio que garante ao Município R$ 27 milhões para a construção de 240  moradias no Cantagalo – região da Enseada. 

As unidades serão destinadas às vítimas dos delizamentos decorrentes da tempestade que assolou o Município em em março deste ano, desabrigando centenas de famílias. Com a liberação dos recursos, a obra deve  começar no primeiro semestre do próximo ano.

O novo projeto habitacional será desenvolvido em parceria com a Secretaria Nacional de Defesa Civil e atenderá famílias da Vila Júlia, Vila Baiana, Vale da Morte e Barreira do João Guarda, que atualmente são atendidas pelo Município com aluguel social. 

As moradias serão construídas  na quadra 2  do Conjunto Cantagalo (Projeto Enseada), que depois  de tratativas da Prefeitura junto à Cetesb, por ser área de preservação ambiental,  foi destinada à produção habitacional. 

A  pedido da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), a deputada  federal Rosana Valle ajudou na intermediação das negociações com o Governo Federal no sentido de transpor o projeto para a Secretaria Nacional de Defesa Civil, uma vez que no programa Minha Casa Minha Vida não havia recursos disponíveis.

Na semana passada, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho atendeu a solicitação do Município e autorizou a construção das 240 moradias. “Quem ganha é a população. Além de atender famílias de áreas de risco, conseguimos proporcionar o sonho da casa própria”, pontuou o titular da Sehab.

Reportagem: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Praia Grande disponibilizará vacina contra covid-19 as Grávidas e puérperas com comorbidades

A partir da próxima terça-feira (11), a prefeitura de Praia Grande está disponibilizando vacina contra o covid-19, as grávidas e puérperas com...

Recém-nascido abandonado em matagal em Mongaguá

Nesta noite de quinta-feira (6), um recém-nascido foi abandonado em uma mochila no matagal, no bairro Vera Cruz, em mongaguá. Um grupo...

Covid-19: Praia Grande vacinará neste sábado trabalhadores da área da saúde

Praia Grande realizará neste sábado (8), fornecerá a imunização contra o covid-19 aos trabalhadores da área da saúde. A aplicação será realizada...

Bom Prato homenageia as Mães com cardápio Especial

Nesta sexta-feira (7), em homenagem ao Dia das Mães, o Bom Prato oferecerá cardápio especial no almoço, em todas as unidades espalhada...

São Vicente pode contar com nove profissionais do Programa mais Médicos

Após muitas denuncias feitas pela população, sobre a escassez de médicos nas UBS (Unidade Básica de Saúde) e PSF (Programa de Saúde...