sábado, maio 28, 2022
20.6 C
São Vicente
20.5 C
Santos
19 C
Peruíbe
20.5 C
Praia Grande
19.5 C
Itanhaém
20.5 C
Guarujá
20.4 C
Mongaguá
20.6 C
Bertioga

Corpo de PM desaparecido é encontrado com marcas de tiro e espancamento, em Cubatão

Leia mais

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

O corpo do policial militar Bruno de Oliveira Gibertoni, de 30 anos, que estava desaparecido desde a madrugada de quarta-feira (13), após encontro com amigos para assistir partida do Palmeiras pela semifinal da Libertadores, foi encontrado na manhã deste sábado (16), em região de mata, na Vila Esperança, em Cubatão. 

O corpo apresentava sinais de espancamento e marcas de tiro. A família foi notificada.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Praia Grande (IML), onde será realizada a autópsia. Segundo a apuração da equipe de reportagem, a polícia já tem suspeitos do crime.

Entenda o caso

O policial foi visto pela última vez na madrugada da última quarta-feira (13). De acordo com o irmão de Bruno, Caio Gibertoni, o agente saiu de casa, em Praia Grande, rumo à cooperativa Forza Verde. “O único radar que detectou o carro dele foi na Avenida Mallet, no Canto do Forte, às 19h40”.

Os amigos confirmaram que o jovem chegou ao bar e, na saída, perguntaram a Bruno se ele tinha como ir embora. “Ele disse que sim, e que, como teria de trabalhar às 5h45 no Riacho Grande, em São Bernardo, não ia demorar a sair”, explicou Caio.

Na manhã seguinte, em contato com a companhia onde o militar deveria se apresentar, a esposa constatou que ele nunca chegou ao local. Após a confirmação do desaparecimento, a Corregedoria da Polícia Militar foi acionada e a Corporação começou a investigar.

Na noite de ontem (15), o carro havia sido encontrado na Avenida Eduardo Souto, no bairro Cidade Náutica, em São Vicente.

Reportagem: Santaportal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

26 de maio, Dia de Concientização Nacional do Glaucoma

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo -...