quarta-feira, setembro 22, 2021
20.4 C
São Vicente
20.3 C
Santos
20.1 C
Peruíbe
20.4 C
Praia Grande
20.2 C
Itanhaém
20 C
Guarujá
19.9 C
Mongaguá
20.9 C
Bertioga

Ministério da Saúde pede ao Butantan entrega ‘imediata’ de 6 milhões de doses

Leia mais

Baixada santista imuniza metade da população com a segunda dose contra a covid-19

Nesta terça-feira (21), a baixada santista registrou 50% da população vacinada contra a covid-19. Equivalente a 940.958 de pessoas imunizadas com a...

Jhony Sasaki articula vinda de empresas chinesas para São Vicente

O vereador de São Vicente, Jhony Sasaki, esteve na Câmara Chinesa de Comércio do Brasil, em São Paulo para buscar investimentos de...

Sem amor próprio; homem é preso suspeito de tentar matar jovem em bar por ciúmes em SP

Nesta última segunda-feira (20), um homem de 26 anos foi preso, no Centro de Miracatu, no interior de São Paulo, suspeito de...

Após descumprir medida protetiva e agredir ex-companheira; homem é preso em Juquiá, SP

Na última segunda-feira (20), um homem de 37 anos foi preso após descumprir diversas vezes uma medida protetiva em favor da ex-companheira...

O Ministério da Saúde enviou nesta sexta-feira (15) ao Instituto Butantan um ofício no qual pediu a entrega “imediata” de 6 milhões de doses importadas da vacina contra a Covid-19.
O documento é assinado pelo diretor do Departamento de Logística em Saúde, Roberto Ferreira Dias, e endereçado ao diretor do instituto, Dimas Covas.
“Solicitamos os bons préstimos para disponibilizar a entrega imediata das 6 milhões de doses importadas e que foram objeto do pedido de autorização de uso emergencial perante a Anvisa”, diz o documento.
“Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa, conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid–19”, acrescenta o ministério.
Ainda no documento, o governo federal informa ao Butantan que, no próximo domingo (17), a Anvisa analisará os pedidos de uso emergencial de duas vacinas.
As duas vacinas que devem ser analisadas pela Anvisa no domingo são:
Pedido do Butantan: 6 milhões de doses vindas da China;
Pedido da Fundação Oswaldo Cruz: 2 milhões de doses que devem ser importadas do laboratório Serum, da Índia.
No Brasil, o Butantan produz a vacina Coronavac em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A Fiocruz produz a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford (Reino Unido) e o laboratório AstraZeneca.
Além dessas, a farmacêutica brasileira União Química já informou que doses da vacina russa Sputnik V devem ser produzidas ainda em janeiro em Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Baixada santista imuniza metade da população com a segunda dose contra a covid-19

Nesta terça-feira (21), a baixada santista registrou 50% da população vacinada contra a covid-19. Equivalente a 940.958 de pessoas imunizadas com a...

Jhony Sasaki articula vinda de empresas chinesas para São Vicente

O vereador de São Vicente, Jhony Sasaki, esteve na Câmara Chinesa de Comércio do Brasil, em São Paulo para buscar investimentos de...

Sem amor próprio; homem é preso suspeito de tentar matar jovem em bar por ciúmes em SP

Nesta última segunda-feira (20), um homem de 26 anos foi preso, no Centro de Miracatu, no interior de São Paulo, suspeito de...

Após descumprir medida protetiva e agredir ex-companheira; homem é preso em Juquiá, SP

Na última segunda-feira (20), um homem de 37 anos foi preso após descumprir diversas vezes uma medida protetiva em favor da ex-companheira...

PF realiza operação contra fraude na montagem de hospitais de campanha

Nesta terça-feira (21), a Polícia Federal (PF) realiza uma operação para investigar fraudes na montagem de hospitais de campanha. Estão sendo cumpridos...