sexta-feira, agosto 12, 2022
21.5 C
São Vicente
21.1 C
Santos
20.1 C
Peruíbe
22 C
Praia Grande
20.1 C
Itanhaém
21.9 C
Guarujá
21.8 C
Mongaguá
22 C
Bertioga

Registrada a primeira morte por dengue em São Vicente neste ano

Leia mais

Frentista morre após ser atingido por explosão de carro com GNV 

O frentista Alyf Cruz, de 21 anos, morreu após ser atingido pela explosão de um carro que estava sendo abastecido com Gás Natural...

Menino de 11 anos não aguentou ver a mãe ser agredida e denuncia o próprio pai

Um homem de 31 anos foi preso após agredir sua esposa em Santos. O filho do casal, de 11 anos, foi quem...

Gerente da Volkswagen do Brasil morre em Rodovia Padre Manoel da Nóbrega

O gerente de Qualidade de Produto da Volkswagen do Brasil, Walace de Castro Lacerda Junior, de 49 anos, morreu ao capotar o...

Após viralizar, mascote de feira ganha forma de amendoim em SP

O mascote da Feira Nacional do Amendoim de Jaboticabal (SP), está de cara nova, após viralizar em 2019. O personagem, viralizou...

Com pesar, a Prefeitura de São Vicente informa a primeira morte por dengue de um morador da Cidade, em 2021. Trata-se de um homem de 41 anos, morador da Vila Margarida e trabalhador do setor de manutenção de edificações. Apesar de ser morador de São Vicente, o paciente faleceu em Santos.

A Secretaria de Saúde (Sesau) de São Vicente está monitorando a região onde esse morador residia a fim de orientar a vizinhança e o bairro vai receber os agentes de combate à dengue.

Até o momento, a Cidade contabiliza 66 casos de dengue e 29 casos de chikungunya, neste ano.

Mutirões estão sendo realizados em diversas regiões da Cidade, com agentes percorrendo casas, prédios, terrenos e estabelecimentos comerciais, com o objetivo de eliminar os depósitos de água parada e recolher materiais inservíveis para evitar uma epidemia de doenças transmitidas pelo vetor Aedes aegypti.

Vale ressaltar que a melhor forma para prevenir o mosquito ainda é eliminar toda água armazenada, que pode se tornar um criadouro. É importante manter a caixa d’água fechada, lavar os tanques semanalmente com escova e sabão, encher os pratos das plantas de areia até a borda, manter calhas limpas, colocar o lixo em sacos plásticos e com a lixeira sempre fechada.

Para munícipes que queiram realizar denúncias, o Departamento de Controle de Doenças Vetoriais (Decodove) disponibiliza o número 0800 771 0037. É importante que o denunciante forneça os dados sobre o local onde se encontra a irregularidade, facilitando o trabalho dos agentes.

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Frentista morre após ser atingido por explosão de carro com GNV 

O frentista Alyf Cruz, de 21 anos, morreu após ser atingido pela explosão de um carro que estava sendo abastecido com Gás Natural...

Menino de 11 anos não aguentou ver a mãe ser agredida e denuncia o próprio pai

Um homem de 31 anos foi preso após agredir sua esposa em Santos. O filho do casal, de 11 anos, foi quem...

Gerente da Volkswagen do Brasil morre em Rodovia Padre Manoel da Nóbrega

O gerente de Qualidade de Produto da Volkswagen do Brasil, Walace de Castro Lacerda Junior, de 49 anos, morreu ao capotar o...

Após viralizar, mascote de feira ganha forma de amendoim em SP

O mascote da Feira Nacional do Amendoim de Jaboticabal (SP), está de cara nova, após viralizar em 2019. O personagem, viralizou...

Google vai avisar quando não tem muitas informações confiáveis na busca

O Google anunciou nesta quinta-feira (11), que alertará os usuários nas buscas em que identifica ter poucas informações de alta qualidade. O recurso já...