quarta-feira, agosto 17, 2022
21 C
São Vicente
21 C
Santos
20.7 C
Peruíbe
21 C
Praia Grande
21.3 C
Itanhaém
20.9 C
Guarujá
20.9 C
Mongaguá
21 C
Bertioga

Segunda Turma mantém julgamento da suspeição de Moro

Leia mais

PF e COE descobrem droga com destino a Itália escondida em casco de navio no Porto de Santos

A Polícia Federal e Comando de Operações Especiais (COE), fez varredura de casco de navio no porto de santos, com objetivo de...

Cetesb aprova cerca no aeroporto do Guarujá e obras iniciam no 2º semestre de 2023

A Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou à deputada federal Rosana Valle (PL), em reunião...

E se deixar item de metal no carregador sem fio do carro?

O que acontece se deixarmos objetos metálicos no carregador de celular por indução? Eles podem esquentar e, no...

Santos oferece mais de 130 vagas de emprego

Santos, está disponibilizando mais de 130 vagas de emprego, em diversas áreas. Destas, 124 oportunidades são em uma grande rede de restaurantes.

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter o julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro para julgar os casos relacionados à Operação Lava Jato. Por maioria de votos, o colegiado rejeitou a questão de ordem apresentada pelo relator, ministro Edson Fachin, para adiar o julgamento. 

Nesta manhã, o habeas corpus em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pede a suspeição de Moro foi pautado pelo ministro Gilmar Mendes, presidente da Segunda Turma, para ser julgado na sessão da tarde desta terça-feira. A inclusão na pauta ocorreu um dia depois de Fachin ter anulado as condenações do ex-presidente Lula na Lava Jato.

Fachin argumentou que a defesa apresentou novos e robustos elementos, “com fatos graves”, que precisariam de mais tempo para ser analisados. Outro argumento foi o de que, conforme o regimento interno do Supremo, ele teria, como relator, a prerrogativa de considerar o habeas corpus prejudicado, o que impediria o julgamento. 

“Com o devido respeito ao colegiado, entendo que esses dois motivos me levam a fazer a este colegiado a indicação de adiamento”, argumentou. 

Votaram contra o adiamento os ministros Gilmar Mendes, Nunes Marques, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski. 

No habeas corpus em julgamento, a defesa de Lula levanta diversos argumentos para tentar demonstrar a parcialidade de Moro, como divulgação de grampos telefônicos, autorização para condução coercitiva, entre outros. Recentemente, por decisão de Lewandowiski, os advogados do ex-presidente tiveram acesso a diálogos entre o ex-juiz e procuradores da Lava Jato em Curitiba, obtidos pela Polícia Federal (PF), na Operação Spoofing. O material tem sido utilizado pelos defensores para engrossar a argumentação.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

PF e COE descobrem droga com destino a Itália escondida em casco de navio no Porto de Santos

A Polícia Federal e Comando de Operações Especiais (COE), fez varredura de casco de navio no porto de santos, com objetivo de...

Cetesb aprova cerca no aeroporto do Guarujá e obras iniciam no 2º semestre de 2023

A Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou à deputada federal Rosana Valle (PL), em reunião...

E se deixar item de metal no carregador sem fio do carro?

O que acontece se deixarmos objetos metálicos no carregador de celular por indução? Eles podem esquentar e, no...

Santos oferece mais de 130 vagas de emprego

Santos, está disponibilizando mais de 130 vagas de emprego, em diversas áreas. Destas, 124 oportunidades são em uma grande rede de restaurantes.

Após várias solicitações, faixas da via do Itararé são restauradas

Partindo das solicitações feitas pelo vereador Jhony Sasaki, após várias reclamações de munícipes, as faixas da Avenida Padre Manoel de Nóbrega e...