quarta-feira, janeiro 26, 2022
35.1 C
São Vicente
35.1 C
Santos
27.9 C
Peruíbe
35.1 C
Praia Grande
35.1 C
Itanhaém
35 C
Guarujá
34.9 C
Mongaguá
28.9 C
Bertioga

Serviço para atender pacientes que se recuperam de Covid-19 em São Vicente

Leia mais

Projeto para atender órfãos do feminicídio

As altas taxas de feminicídio no país trazem consigo um problema social menos óbvio do que a morte de mulheres: o abandono...

Posto de coleta de leite humano para recém-nascidos em Praia Grande

Um posto de coleta de leite humano, foi implantado nesta terça-feira (25) em Praia Grande, na Baixada Santista, para ajudar a salvar...

Garotinho de 2 anos compra mais de R$ 10 mil em móveis com celular da mãe

Com o celular da mãe, um garotinho de dois anos apertou um botão sem querer. O botão confirmava a compra de quase...

Cursos gratuitos de qualificação em Santos

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Baixada Santista e Vale do Ribeira (SinHoRes) abre inscrições para cursos gratuitos de...

Cansaço, falta de ar, dores e até dificuldade de locomoção são as principais queixas de quem contraiu Covid-19, tratou, recebeu alta e voltou para a casa. Buscando ajudar na recuperação dos pacientes, a partir de segunda-feira (29), São Vicente inicia projeto “Linha de Cuidado Pós-Covid”, oferecendo atendimento especializado no Centro Médico Martim Afonso (CMMA).

Para que o munícipe utilize esse serviço, será necessário encaminhamento médico, com apresentação de exames e resumo da alta. A assistente social da ala Covid agendará, em até 48 horas, uma consulta com a equipe multidisciplinar. O agendamento será feito via Sistema Único de Saúde (SUS).

O atendimento será humanizado, considerando aspectos físicos e emocionais do paciente. Essa recuperação será feita de maneira fisioterápica, respiratória ou motora, dependendo da situação do munícipe.

Os pacientes são atendidos por uma equipe multidisciplinar formada por profissionais de enfermagem, pneumologista, cardiologista, cirurgião vascular, nutricionista, psicólogo, fonoaudiólogo e fisioterapeuta.

Para a secretária da Saúde, Michelle Santos, essa iniciativa é de extrema importância porque o paciente deve receber acompanhamento em todos os estágios da doença, inclusive após a alta médica. “Grande parte da população que deixa os hospitais precisa ter uma continuidade no tratamento. Alguns têm enfraquecimento muscular devido à falta de mobilidade e alimentação controlada, ocasionado em perda de massa muscular e peso, por exemplo”, explica.

O tempo de permanência de cada paciente no tratamento varia, já que cada organismo responde de uma forma diferente aos estímulos, exercícios e medicação administrada. A alta será definida a critério do médico.

O Centro Martim Afonso fica na Rua Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, 425, na Vila Margarida. O atendimento será realizado por meio de encaminhamento médico, de segunda sexta-feira, das 7 às 16 horas.

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto para atender órfãos do feminicídio

As altas taxas de feminicídio no país trazem consigo um problema social menos óbvio do que a morte de mulheres: o abandono...

Posto de coleta de leite humano para recém-nascidos em Praia Grande

Um posto de coleta de leite humano, foi implantado nesta terça-feira (25) em Praia Grande, na Baixada Santista, para ajudar a salvar...

Garotinho de 2 anos compra mais de R$ 10 mil em móveis com celular da mãe

Com o celular da mãe, um garotinho de dois anos apertou um botão sem querer. O botão confirmava a compra de quase...

Cursos gratuitos de qualificação em Santos

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Baixada Santista e Vale do Ribeira (SinHoRes) abre inscrições para cursos gratuitos de...

Criança se acidenta em parque de São Vicente e leva 12 pontos

Uma criança de sete anos, filho de uma moradora da Área Continental de São Vicente, na Baixada Santista, levou mais de dez...