domingo, maio 29, 2022
21.7 C
São Vicente
21.6 C
Santos
19 C
Peruíbe
21.6 C
Praia Grande
19.7 C
Itanhaém
21.6 C
Guarujá
21.5 C
Mongaguá
21.7 C
Bertioga

Comissão de vereadores discute impactos do VLT em São Vicente

Leia mais

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

A Câmara de São Vicente aprovou a instalação de uma Comissão Especial de Vereadores (CEV), solicitada pelo vereador Jhony Sasaki (PSB), visando apurar possíveis erros de projeto e os impactos oriundos deles pós implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). A comissão tem 180 dias para apresentar um relatório sobre a questão.

Segundo Sasaki, a razão principal seria referente a alagamentos no entorno do modal que não ocorriam antes dele ser implantado. O parlamentar cita reclamações da Rua Francisco Alves, na Esplanada dos Barreiros, e Rua da Constituição, no Itararé.

“Faz-se necessária a apuração dos impactos que essa obra vem causando ao município e aos seus cidadãos. Apuração necessária para buscar responsabilidades, soluções e reparar os prejuízos”, argumentou Sasaki.

Paralelamente, outro vereador, Jabá Bezerra (PL), esteve em uma reunião na Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), responsável pelo VLT, em São Paulo, e vereador montou uma outra CEV para acompanhar e fiscalizar à expansão na área continental. O vereador também foi representando a União dos Vereadores da Baixada Santista (UBES).

A EMTU disse que não foi notificada e se manifestará posteriormente.

Reportagem: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

26 de maio, Dia de Concientização Nacional do Glaucoma

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo -...