quarta-feira, novembro 9, 2022
20.2 C
São Vicente
20.1 C
Santos
15 C
Peruíbe
20.1 C
Praia Grande
15.3 C
Itanhaém
17.3 C
Guarujá
15.9 C
Mongaguá
17 C
Bertioga

Ministério da Saúde distribui concentradores de oxigênio doados por empresas ao SUS

Leia mais

Fumar cotonete: nova moda entre jovens e crianças traz riscos à saúde

Um novo desafio do TikTok está preocupando os especialistas. Agora, uma nova tendência levanta riscos entre o público jovem: fumar cotonete. A...

Praia Grande abre processo seletivo para vagas de auxiliar de guarda-vidas temporário

Os interessados já podem se inscrever para o novo processo seletivo para as vagas remanescentes e temporárias de auxiliar de guarda-vidas, de...

PAT de Guarujá oferece 20 novas vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Guarujá, na Baixada Santista, oferece 21 novas oportunidades de emprego. Há vagas para diversas...

Procon-SP alerta consumidores para a Black Friday

A Black Friday 2022, evento que promove descontos e ofertas, começa dia 25 de novembro no Brasil. O Procon-SP divulgou algumas recomendações...

O Ministério da Saúde (MS) informou que vai distribuir 5.133 concentradores de oxigênio doados por 12 empresas ao Sistema Único de Saúde (SUS), com o objetivo de auxiliar no tratamento de pacientes com covid-19 na rede pública de saúde.

De acordo com a pasta, foi entregue hoje (7) um carregamento com 1.899 equipamentos no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. As entregas dos demais aparelhos serão feitas de forma escalonada até o dia 14 de abril. A previsão é que os estados recebam os equipamentos ao longo do mês.

“A aquisição foi possível após a abertura de um edital de chamamento público, em uma ação coordenada pelos Ministérios da Saúde e da Economia – as inscrições do chamamento estão abertas até o dia 8 de abril. Participam da iniciativa as seguintes empresas: Bradesco, BRF, B3, Embraer, Gerdau, Grupo Ultra, Itaú, Magazine Luiza, Marfrig, Natura &CO, Suzano e Unipar. A Air Liquide Brasil fez a cotação para a importação dos equipamentos, ao custo total de R$ 35 milhões”, informou o MS.

Em nota, o ministério explica que esses concentradores podem produzir, por dia, o equivalente a mais de 7 metros cúbicos de oxigênio com 93% de pureza. Os equipamentos são usados em pacientes leves e moderados com covid-19, oferecendo cerca de 5 litros de oxigênio por minuto.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Fumar cotonete: nova moda entre jovens e crianças traz riscos à saúde

Um novo desafio do TikTok está preocupando os especialistas. Agora, uma nova tendência levanta riscos entre o público jovem: fumar cotonete. A...

Praia Grande abre processo seletivo para vagas de auxiliar de guarda-vidas temporário

Os interessados já podem se inscrever para o novo processo seletivo para as vagas remanescentes e temporárias de auxiliar de guarda-vidas, de...

PAT de Guarujá oferece 20 novas vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Guarujá, na Baixada Santista, oferece 21 novas oportunidades de emprego. Há vagas para diversas...

Procon-SP alerta consumidores para a Black Friday

A Black Friday 2022, evento que promove descontos e ofertas, começa dia 25 de novembro no Brasil. O Procon-SP divulgou algumas recomendações...

Destaque do carnaval paulista é achada morta em casa

Vítima de um infarto, um dos grandes nomes do carnaval paulista, a passista Michelle da Costa Chaga, conhecida como Michelle Mibow, de...