terça-feira, janeiro 18, 2022
27.3 C
São Vicente
27.3 C
Santos
24 C
Peruíbe
27.3 C
Praia Grande
27.2 C
Itanhaém
27.2 C
Guarujá
27.2 C
Mongaguá
27.2 C
Bertioga

Dos 180 leitos de hospital de campanha prometido pelo governo Doria, apenas 60 foram entregues

Leia mais

Bolsonaro prometeu vetar jogos de azar caso o Congresso aprove

Nesta segunda-feira (17), o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) afirmou, que vetará o projeto de lei que autorizaria a legalização dos...

Policlínicas deixam de realizar testes de Covid-19

A partir desta segunda-feira (17), as policlínicas de Santos, na Baixada Santista, deixaram de realizar temporariamente o teste de Covid-19. Na cidade,...

Baixada Santista pode registrar sensação térmica acima de 40°C

Segundo o Instituto Climatempo, a previsão do tempo para a Baixada Santista, indica temperaturas acima dos 30°C ao longo desta semana. O...

Suspeito morre e outro é baleado após troca de tiros com policiais militares

Um homem de 33 anos morreu após ser baleado durante uma troca de tiros com policiais militares e um segundo homem, de...

Após quase duas semanas de atraso, o governo de São Paulo vai inaugurar na tarde desta terça-feira o hospital de campanha de Santa Cecília, no Centro de São Paulo. A gestão prometeu 180 leitos, mas entregará apenas 60. A unidade será referência para atender pacientes contaminados pelo coronavírus.

O hospital começou a receber pacientes no último domingo (11), mas a inauguração oficial está prevista para as 15h desta terça.

Quando anunciada pelo governo estadual, a unidade seria disponibilizada para atender pacientes de Covid no dia 31 de março. Entretanto, atrasos na instalação de equipamentos de oxigênio prejudicaram a liberação.

Nomeado de Hospital Metropolitano, a unidade foi prometida com 130 de enfermaria e 50 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas terá 40 de enfermaria e 20 de UTI. O prédio é de propriedade particular e foi cedido ao estado. O texto conta com informações do “G1”.

À época, o governador João Doria disse que seriam investidos R$ 12 milhões por mês para custeio do hospital. Na ocasião, também foi informado que o unidade teria uma equipe de 900 profissionais, sendo 150 médicos.

No total, cerca de 900 profissionais deverão atuar na unidade, sendo 150 médicos, além de enfermeiros, técnicos e funcionários administrativos.

No início do mês passado, a gestão estadual prometeu inaugurar 11 hospitais de campanha. Desses, apenas dois estão em operação, um em Campinas e um em Barretos.

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Bolsonaro prometeu vetar jogos de azar caso o Congresso aprove

Nesta segunda-feira (17), o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) afirmou, que vetará o projeto de lei que autorizaria a legalização dos...

Policlínicas deixam de realizar testes de Covid-19

A partir desta segunda-feira (17), as policlínicas de Santos, na Baixada Santista, deixaram de realizar temporariamente o teste de Covid-19. Na cidade,...

Baixada Santista pode registrar sensação térmica acima de 40°C

Segundo o Instituto Climatempo, a previsão do tempo para a Baixada Santista, indica temperaturas acima dos 30°C ao longo desta semana. O...

Suspeito morre e outro é baleado após troca de tiros com policiais militares

Um homem de 33 anos morreu após ser baleado durante uma troca de tiros com policiais militares e um segundo homem, de...

Bebê é abandonada dentro de bolsa térmica

Na manhã desta segunda-feira (17), uma recém-nascida, ainda com cordão umbilical, foi encontrada dentro de uma bolsa térmica em uma rua de...