quarta-feira, julho 6, 2022
21.3 C
São Vicente
21.2 C
Santos
17.7 C
Peruíbe
21.2 C
Praia Grande
18.6 C
Itanhaém
20 C
Guarujá
19.4 C
Mongaguá
19.1 C
Bertioga

Obras do casarão tombado é embargada e dono multado

Leia mais

Mulher tem sobrenome trocado por ‘vagabunda’ em cartão de crédito

Uma mulher, de 29 anos, entrou na Justiça contra um banco depois de receber um cartão de crédito onde seu sobrenome havia sido trocado...

Toten é atropelado por Caminhão de Lixo no Rio Branco em S.Vicente

Nesta manhã de terça feira (5), um toten de segurança da prefeitura de São Vicente foi atingido por um caminhão de lixo.

Bandidos armados se passam por cliente e roubam loja de manutenção de celular em S.V

Dois criminosos são flagrados roubando uma loja de manutenção de celular em São Vicente, na Baixada Santista. O roubo...

Corpo é encontrado dentro de canal de Praia Grande

O corpo de um homem foi encontrado em um canal próximo ao Bairro Aviação, em Praia Grande, na Baixada Santista, na manhã...

A Prefeitura de Santos embargou as obras realizadas no casarão em estilo neocolonial, localizado no cruzamento das ruas Sete de Setembro e Constituição, na Vila Nova, considerado uma das maiores e mais bem conservadas relíquias arquitetônicas da Cidade.

Um fiscal da Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi), esteve no imóvel e promoveu a intimação ao proprietário – o Instituto de Analises Clinicas de Santos (IACS) – para que regularize as obras. Também assinou um auto de infração por execução de obras sem licença e aplicou multa de R$ 6.336,26. A obra só poderá ser retomada após o atendimento da intimação.

Há dois anos em obras sem qualquer tipo de identificação (placa) de responsabilidade sobre o trabalho que estava sendo realizado e muitos menos sem fiscalização da Prefeitura e do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos (CONDEPASA).

A placa, deve ser colocada quando houver licença para edificar em processo de aprovação junto à Prefeitura. Existe um processo em andamento (25055/2021) solicitando a aprovação de projeto de reforma para conservação de bem tombado.Porém, o projeto ainda não obteve a licença para edificar.

A Lei 1.025/19, que define o código de edificações, a placa tem que estar em local visível, durante o período de execução da obra ou serviços, com identificação dos profissionais habilitados, contendo o número do alvará e do processo de aprovação junto à Prefeitura, de acordo com a normatização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo (CREA-SP) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU-SP).

Fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Mulher tem sobrenome trocado por ‘vagabunda’ em cartão de crédito

Uma mulher, de 29 anos, entrou na Justiça contra um banco depois de receber um cartão de crédito onde seu sobrenome havia sido trocado...

Toten é atropelado por Caminhão de Lixo no Rio Branco em S.Vicente

Nesta manhã de terça feira (5), um toten de segurança da prefeitura de São Vicente foi atingido por um caminhão de lixo.

Bandidos armados se passam por cliente e roubam loja de manutenção de celular em S.V

Dois criminosos são flagrados roubando uma loja de manutenção de celular em São Vicente, na Baixada Santista. O roubo...

Corpo é encontrado dentro de canal de Praia Grande

O corpo de um homem foi encontrado em um canal próximo ao Bairro Aviação, em Praia Grande, na Baixada Santista, na manhã...

Professora realiza sonho de criança autista de voar

Uma criança com transtorno do espectro autista, de apenas 10 anos, realizou o sonho de voar de helicóptero graças a atitude de...