domingo, maio 29, 2022
21.7 C
São Vicente
21.6 C
Santos
19 C
Peruíbe
21.6 C
Praia Grande
19.7 C
Itanhaém
21.6 C
Guarujá
21.5 C
Mongaguá
21.7 C
Bertioga

Ibama: Realiza operação para rastrear produtos perigosos no Porto de Santos

Leia mais

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realiza, a replicação da Operação Relíqua, que faz mapeamento de áreas onde há a manipulação de produtos perigosos nos Polos Industriais, e que podem ocasionar riscos ao ambiente e à saúde das pessoas.

A 2ª edição da operação ocorre após a Coordenação-Geral de Emergências Ambientais (Cgema) entender que é pertinente replicá-la em outros terminais portuários licenciados pelo Ibama. A ação foi deflagrada pela primeira vez na região em 2020. Durante o ano passado, a operação demonstrou que a abordagem interinstitucional foi importante para agregar diferentes olhares para a identificação de riscos e oportunidades de melhorias nas operações portuárias e no retroporto.

A operação tem como objetivo intensificar as ações para gerenciamento de resíduos perigosos nos terminais portuários e impedir a tentativa de burla de Controle de Movimentos Transfronteiriços. A unidade técnica do Ibama em Santos coordenará toda a operação, e agentes de fiscalização de outros estados e São Paulo fazem parte das equipes atuantes. A operação terminará em 8 de outubro.

Os alvos dessa operação são os terminais e armazéns que operam com produtos perigosos, importadores de mercadorias cuja a importação não foi concluída e consequentemente ficam abandonadas. A Polícia Militar Rodoviária já lavrou 36 autos em caminhões que não estavam adequados para o transporte de produtos perigosos.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

26 de maio, Dia de Concientização Nacional do Glaucoma

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo -...