quinta-feira, outubro 28, 2021
23.9 C
São Vicente
23.6 C
Santos
21.6 C
Peruíbe
23.9 C
Praia Grande
24 C
Itanhaém
23.7 C
Guarujá
24 C
Mongaguá
23.6 C
Bertioga

Ibama: Realiza operação para rastrear produtos perigosos no Porto de Santos

Leia mais

Polícia apreende mais de 50 kg de cocaína em galpão em Praia Grande

Na tarde da última terça-feira (26), a Polícia Civil apreendeu mais de 53 kg de cocaína em um galpão, em Praia Grande,...

Fidifest: 7ª edição será online e começa nesta terça-feira

A 7ª edição do Fidifest - Festival Internacional de Dança teve início nesta última terça-feira (26), e pela primeira vez a programação...

O que é febre maculosa? Doença matou um policial militar

A morte de um policial por febre maculosa, doença transmitida pelo carrapato-estrela, comuns em capivaras e cavalos, foi confirmada nesta terça-feira (26)....

São Vicente oferece cursos gratuitos

A Prefeitura de São Vicente, na Baixada Santista, disponibiliza 60 vagas para cursos de qualificação profissional de diferentes áreas. Os cursos são...

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realiza, a replicação da Operação Relíqua, que faz mapeamento de áreas onde há a manipulação de produtos perigosos nos Polos Industriais, e que podem ocasionar riscos ao ambiente e à saúde das pessoas.

A 2ª edição da operação ocorre após a Coordenação-Geral de Emergências Ambientais (Cgema) entender que é pertinente replicá-la em outros terminais portuários licenciados pelo Ibama. A ação foi deflagrada pela primeira vez na região em 2020. Durante o ano passado, a operação demonstrou que a abordagem interinstitucional foi importante para agregar diferentes olhares para a identificação de riscos e oportunidades de melhorias nas operações portuárias e no retroporto.

A operação tem como objetivo intensificar as ações para gerenciamento de resíduos perigosos nos terminais portuários e impedir a tentativa de burla de Controle de Movimentos Transfronteiriços. A unidade técnica do Ibama em Santos coordenará toda a operação, e agentes de fiscalização de outros estados e São Paulo fazem parte das equipes atuantes. A operação terminará em 8 de outubro.

Os alvos dessa operação são os terminais e armazéns que operam com produtos perigosos, importadores de mercadorias cuja a importação não foi concluída e consequentemente ficam abandonadas. A Polícia Militar Rodoviária já lavrou 36 autos em caminhões que não estavam adequados para o transporte de produtos perigosos.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Polícia apreende mais de 50 kg de cocaína em galpão em Praia Grande

Na tarde da última terça-feira (26), a Polícia Civil apreendeu mais de 53 kg de cocaína em um galpão, em Praia Grande,...

Fidifest: 7ª edição será online e começa nesta terça-feira

A 7ª edição do Fidifest - Festival Internacional de Dança teve início nesta última terça-feira (26), e pela primeira vez a programação...

O que é febre maculosa? Doença matou um policial militar

A morte de um policial por febre maculosa, doença transmitida pelo carrapato-estrela, comuns em capivaras e cavalos, foi confirmada nesta terça-feira (26)....

São Vicente oferece cursos gratuitos

A Prefeitura de São Vicente, na Baixada Santista, disponibiliza 60 vagas para cursos de qualificação profissional de diferentes áreas. Os cursos são...

Vereadores de São Vicente aprovam redutor de IPTU e desconto de 5% em cota única

Na terça-feira dia 26, um pedido de urgência na pautação do reajuste do IPTU, causou desconforto para os 15 vereadores da cidade...