domingo, outubro 24, 2021
19.1 C
São Vicente
19.1 C
Santos
18.8 C
Peruíbe
19.2 C
Praia Grande
19.4 C
Itanhaém
19.1 C
Guarujá
19.2 C
Mongaguá
18.7 C
Bertioga

Imóveis em construção são demolidos em São Vicente

Leia mais

Por ano no país; morte violenta atinge 6,97 mil crianças e adolescentes

O Brasil teve uma média de 6,97 mil mortes violentas intencionais de crianças e adolescentes por ano nos últimos cinco anos. De...

IBGE aponta que 77,4% das novas empresas do Brasil não têm funcionários

Nesta sexta-feira (22), o IBGE divulgou, que maioria das empresas abertas no Brasil tem apenas sócio ou proprietário e não dispõe de...

Reajustes salariais em setembro ficam abaixo do INPC

O reajuste médio dos salários obtidos nas negociações em setembro ficou 1,9 ponto percentual abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor...

São Vicente não terá queima de fogos no Réveillon

Nesta sexta-feira (22), a prefeitura de São Vicente, na Baixada Santista anunciou, que tradicional queima de fogos no Réveillon não será realizada...

A Polícia Militar Ambiental demoliu dois imóveis de alto padrão que estavam sendo construídos em áreas de proteção ambiental em São Vicente, na baixada santista. A ação foi motivada através de denúncias encaminhadas ao Ministério Público (MP), a respeito de invasões em áreas de proteção ambiental.

A ação contou com o apoio da Prefeitura de São Vicente, por meio de uma força-tarefa formada pela Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam), Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedup) e da Guarda Civil Municipal (GCM).

As duas casas ficavam localizados na Rua Uberaba, no bairro Jardim Irmã Dolores, e estavam desocupados no momento da demolição. Equipes da administração municipal fizeram uma vistoria na região e verificaram que haviam projetos de imóveis bem elaborados e acima do padrão.

A prefeitura decidiu intervir nestas áreas, juntamente com a Polícia Militar Ambiental, a fim de promover maior controle sobre a ocupação e evitar o crescimento sem planejamento nestes locais.

As pessoas interessadas em construir casas devem se informar sobre a procedência do terreno na Secretaria de Obras Particulares (Seob), que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, pelo telefone (13) 3569-9052, ou no prédio que fica na Praça da Bandeira, no Centro. É necessário que o terreno tenha registro em cartório e não esteja em área de preservação ambiental.

Denúncias sobre construções irregulares, podem ser realizadas pelo telefone 153, da GCM, pelo Whatsapp (13) 99641-0112, ou ainda na Semam, pelo telefone (13) 3569-2274, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Por ano no país; morte violenta atinge 6,97 mil crianças e adolescentes

O Brasil teve uma média de 6,97 mil mortes violentas intencionais de crianças e adolescentes por ano nos últimos cinco anos. De...

IBGE aponta que 77,4% das novas empresas do Brasil não têm funcionários

Nesta sexta-feira (22), o IBGE divulgou, que maioria das empresas abertas no Brasil tem apenas sócio ou proprietário e não dispõe de...

Reajustes salariais em setembro ficam abaixo do INPC

O reajuste médio dos salários obtidos nas negociações em setembro ficou 1,9 ponto percentual abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor...

São Vicente não terá queima de fogos no Réveillon

Nesta sexta-feira (22), a prefeitura de São Vicente, na Baixada Santista anunciou, que tradicional queima de fogos no Réveillon não será realizada...

Carga de cigarros contrabandeados estimada em R$ 2 milhões é apreendida

Na manhã desta sexta-feira (22), aproximadamente 400 mil maços de cigarros de origem estrangeira foram encontrados, dentro de um caminhão que trafegava...