terça-feira, dezembro 7, 2021
23.3 C
São Vicente
24 C
Santos
20.6 C
Peruíbe
23.3 C
Praia Grande
23.3 C
Itanhaém
23.3 C
Guarujá
23.2 C
Mongaguá
23.3 C
Bertioga

Otrantur não paga empresas que sublocam micro-ônibus e frota é paralisada em São Vicente

Leia mais

São Vicente atinge 75% da população geral imunizada contra o covid-19

O público alvo da campanha, ou seja, pessoas acima de 12 anos, número salta para 90% dos vicentinos vacinados contra a Covid-19....

Cruzamento “da morte” no Jóquei em SV recebe lombadas

Diversos acidentes, inclusive fatais, vinham acontecendo com muita frequência no cruzamentos das ruas Galeão Coutinho e Dom Duarte da Costa, no bairro...

Jovem morre após corrida de 10 KM em Santos

No último domingo (5), um atleta amador passou mal durante uma corrida de 10 KM e morreu após receber atendimento médico, em...

Mila Moreira, atriz e modelo, morre aos 75 anos

Na madrugada desta segunda-feira (6), aos 75 anos, morre a atriz Mila Moreira. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, na Zona...

Na manhã desta segunda-feira (18), representantes de empresas que sublocam os micro-ônibus para a Otrantur, responsável pelo transporte público de São Vicente, na baixada santista, fizeram uma manifestação em frente a garagem da companhia. Paralisando 70% de toda a frota por causa do atraso no pagamento dos serviços prestados.

Os sócios-representantes das empresas se reuniram, para pedir que o pagamento, previsto em contrato firmado por meio de licitação, fosse cumprido. Um deles, que preferiu não ser identificado, disse que a empresa está pagando somente 50% do valor mensal.

Por volta das 8h20, um acordo foi estabelecido entre a Otrantur e os sócios-representantes das empresas. A Otrantur irá pagar os valores atrasados em dez parcelas semanais. Além disso, nos próximos meses, a empresa deve pagar o valor integral mensal, firmado em contrato. “Caso eles não cumpram, vamos paralisar a empresa de novo”, explica um dos sócios-investidores.

A Secretaria de Trânsito e Transportes (Setrans), informou que os veículos já operam normalmente, após a negociação da concessionária com representantes da manifestação, no qual um acordo foi firmado, e a empresa se comprometeu a pagar os valores.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

São Vicente atinge 75% da população geral imunizada contra o covid-19

O público alvo da campanha, ou seja, pessoas acima de 12 anos, número salta para 90% dos vicentinos vacinados contra a Covid-19....

Cruzamento “da morte” no Jóquei em SV recebe lombadas

Diversos acidentes, inclusive fatais, vinham acontecendo com muita frequência no cruzamentos das ruas Galeão Coutinho e Dom Duarte da Costa, no bairro...

Jovem morre após corrida de 10 KM em Santos

No último domingo (5), um atleta amador passou mal durante uma corrida de 10 KM e morreu após receber atendimento médico, em...

Mila Moreira, atriz e modelo, morre aos 75 anos

Na madrugada desta segunda-feira (6), aos 75 anos, morre a atriz Mila Moreira. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, na Zona...

Corrida de cavalos e charretes assusta moradores de Praia Grande

Milhares de pessoas disputaram uma corrida com charretes ou circularam com cavalos nas vias de Praia Grande, na Baixada santista. Uma operação...