segunda-feira, junho 14, 2021
15.5 C
São Vicente
15 C
Santos
14.5 C
Peruíbe
15.6 C
Praia Grande
17.9 C
Itanhaém
14.7 C
Guarujá
17.1 C
Mongaguá
14 C
Bertioga

Terça-feira baixada Santista entra em lockdown

Leia mais

São Vicente terá dia e horários de vacinação contra Covid-19 ampliados em posto dentro do shopping

Com a entrada de um novo público-alvo na campanha da vacinação contra o covid-19, a Prefeitura por meio da Secretaria da saúde...

Profissionais da limpeza e coletores de lixo são vacinados contra a Covid-19, em São Vicente

Ao todo, foram vacinados 210 profissionais deste público-alvo, sendo 150 da Terracom e 60 da Coopernatureza. O ponto de...

Estado avalia possível área para construção de conjunto habitacional em São Vicente

Nesta quinta-feira (10), o prefeito de São Vicente Kayo Amado, junto com a Secretária de Habitação Camila Oliveira, e a Secretária do...

São Vicente imuniza contra o covid-19, munícipes de 55 a 59 anos, sem comorbidades

Nesta sexta-feira (11), São Vicente, antecipará a imunização de pessoas de 55 a 59 anos, sem comorbidades, que sejam cadastrados no programa...

A Baixada Santista entrará em “lockdown” a partir da terça-feira (23). A decisão foi definida em reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), realizada nesta sexta-feira (19).

De acordo com a prefeitura, a circulação de pessoas e carros será permitida com a apresentação de documentos como nota fiscal de compra ou prescrição médica de remédio, atestado de comparecimento a uma unidade de Saúde, carteira de trabalho (ou holerite) ou documento que comprove a prestação de serviço autorizado no decreto, tíquete ou imagem da passagem de ônibus ou ainda comprovação de urgência ou necessidade inadiável por qualquer meio.

Quem descumprir as regras do lockdown estará sujeito a multas que variam de R$ 300 a R$ 10 mil. A fiscalização ficará por conta da Polícia Militar, Guarda Municipal, Procon e Secretaria Municipal de Finanças (Sefin).

“Nós prefeitos da região da Baixada Santista temos trabalhado e nos comunicado diariamente buscando o equilíbrio entre saúde e economia, que ainda não achamos. O que acontece é que em duas semanas, passamos de 44% de ocupação de leitos para 80% de leitos de UTI. Tivemos ontem uma reunião de hospitais onde expuseram seus dramas no atendimento de pessoas em UTI. Não só no SUS mas em hospitais privados também”, disse o presidente do Condesb, Rogério Santos (PSDB).

O prefeito cunhou a tomada de medidas mais restritivas como um “lockdown inteligente”. Durante coletiva de imprensa feita nesta sexta-feira (19), Rogério Santos ressaltou que o trabalho se estenderá por toda a região. “Faremos um decreto em cada município, que deve ser publicado entre domingo e segunda, mas já anunciamos as medidas mais restritivas”.

O presidente do Condesb também informou que as medidas ainda podem ser endurecidas. “A gente tem tomado medidas dia a dia, não dá pra dizer que as medidas até agora não foram importantes, mas as medidas são tomadas através do poder público, que tem se esforçado. Mas se a população não fizer sua parte, não adianta. Não temos como fiscalizar tudo”.

O que está permitido:

-Segurança privada de estabelecimentos comerciais e de prédios;
-Indústrias essenciais de serviços;
-Transporte individual por aplicativos;
-Transporte público com restrições de horário, período da manhã e fim do dia. Os ônibus não circularão aos sábados, domingos e feriados. Ficou acertado que cada cidade irá definir os horários de circulação;
-Delivery de serviços essenciais e de alimentação até 22h;
-Lojas de materiais de construção e restaurantes, com portas fechadas;
-Serviços essenciais;
-Comércio atacadista e hortifruti para garantir abastecimento de mercados;
-Transporte de valores;
-Farmácias 24 horas, clínicas, atendimento hospitalar, consultório médico emergencial, clínicas veterinárias;
-Padarias, supermercados e pequenas vendas estão permitidos até às 20h e, aos finais de semana, apenas delivery. Devem funcionar com 70% capacidade;
-Hipermercados até 20h, sem a venda de eletrodomésticos, roupas e artigos que não sejam de alimentação, que não sejam de higiene, ou produtos básicos;
-Bancos, apenas para autoatendimento, sem serviços internos (com exceção dos relacionados à segurança e manutenção). As filas nos caixas devem ser espaçadas com distância de 3 metros;
-Postos de combustíveis, com lojas de conveniência fechadas;
-Mercado de peixes apenas por delivery, em Santos.

Proibido

-Feiras livres;
-Obras civis públicas e particulares (permitidas em casos de urgência ou manutenção);
-Hotéis, pensões e motéis, exceto para clientes corporativos;
-Serviços de drive thru;
-Comércio de imóveis de temporada;

Operação descida e feriados

O vice-governador Rodrigo Garcia anunciou durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (19), no Palácio dos Bandeirantes, que a Operação Descida nas estradas que ligam a capital com a Baixada Santista está suspensa até o dia 30 de março, mas que será ampliada em decreto suplementar até o dia 4 de abril. 

A decisão de interromper foi tomada após reunião com o prefeito de Santos, Rogério Santos, que também é presidente do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb).

O apelo é para que turistas não desçam a serra em direção à Baixada Santista durante o os feriados antecipados na capital. O anúncio da antecipação foi feito na quinta (18) pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

A partir da sexta-feira (26), os feriados de Corpus Christi e Dia da Consciência Negra deste ano, além de três feriados do ano que vem (os mesmos e o Aniversário da Cidade), serão antecipados para os dias 26, 29, 30, 31 de março e 1º de abril na capital paulista.

De acordo com Covas, somando-se o feriado nacional do dia 2 de abril (Paixão de Cristo), serão dez dias de folga em que os paulistanos devem permanecer em casa.

Fonte: Santa Portal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

São Vicente terá dia e horários de vacinação contra Covid-19 ampliados em posto dentro do shopping

Com a entrada de um novo público-alvo na campanha da vacinação contra o covid-19, a Prefeitura por meio da Secretaria da saúde...

Profissionais da limpeza e coletores de lixo são vacinados contra a Covid-19, em São Vicente

Ao todo, foram vacinados 210 profissionais deste público-alvo, sendo 150 da Terracom e 60 da Coopernatureza. O ponto de...

Estado avalia possível área para construção de conjunto habitacional em São Vicente

Nesta quinta-feira (10), o prefeito de São Vicente Kayo Amado, junto com a Secretária de Habitação Camila Oliveira, e a Secretária do...

São Vicente imuniza contra o covid-19, munícipes de 55 a 59 anos, sem comorbidades

Nesta sexta-feira (11), São Vicente, antecipará a imunização de pessoas de 55 a 59 anos, sem comorbidades, que sejam cadastrados no programa...

São Vicente antecipa imunização de profissionais da Educação entre 18 a 44 anos para sexta-feira (11)

São Vicente, litoral Paulista, antecipará para sexta-feira (11), a imunização dos profissionais da Educação entre 18 a 44 anos, respeitando o Plano...