sábado, junho 12, 2021
20.4 C
São Vicente
20.9 C
Santos
18.1 C
Peruíbe
20.8 C
Praia Grande
21.1 C
Itanhaém
21 C
Guarujá
20.3 C
Mongaguá
21 C
Bertioga

OMS vai entregar ao Brasil 800 mil doses da Pfizer em junho, diz governo

Leia mais

São Vicente terá dia e horários de vacinação contra Covid-19 ampliados em posto dentro do shopping

Com a entrada de um novo público-alvo na campanha da vacinação contra o covid-19, a Prefeitura por meio da Secretaria da saúde...

Profissionais da limpeza e coletores de lixo são vacinados contra a Covid-19, em São Vicente

Ao todo, foram vacinados 210 profissionais deste público-alvo, sendo 150 da Terracom e 60 da Coopernatureza. O ponto de...

Estado avalia possível área para construção de conjunto habitacional em São Vicente

Nesta quinta-feira (10), o prefeito de São Vicente Kayo Amado, junto com a Secretária de Habitação Camila Oliveira, e a Secretária do...

São Vicente imuniza contra o covid-19, munícipes de 55 a 59 anos, sem comorbidades

Nesta sexta-feira (11), São Vicente, antecipará a imunização de pessoas de 55 a 59 anos, sem comorbidades, que sejam cadastrados no programa...

O consórcio Covax Facility, iniciativa vinculada à OMS (Organização Mundial de Saúde), informou ao governo brasileiro que entregará em junho um lote de 842.400 doses da vacina contra a Covid-19 fabricada pela Pfizer.

A informação foi confirmada em nota conjunta do Itamaraty e do Ministério da Saúde.

Os imunizantes devem ser contabilizados na previsão total de 42,5 milhões de doses que o Brasil tem contratado com a Covax Facility.

Até o momento, o país recebeu 1 milhão de doses da empresa AstraZeneca por meio do consórcio internacional. Existe uma previsão de que 8 milhões de vacinas do mesmo laboratório cheguem em maio, mas o cronograma pode atrasar por problemas técnicos com a fábrica fornecedora, localizada na Coreia do Sul.

O consórcio da OMS distribui as vacinas a partir de lotes ofertados pelas fabricantes.

O governo brasileiro tem contrato direto com a farmacêutica americana para o recebimento de 100 milhões de doses até o final do ano, para além do lote fornecido pela Covax Facility.

O contrato foi assinado após meses de negociações, o que motivou críticas contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Conforme o jornal Folha de S.Paulo publicou, o governo brasileiro rejeitou em 2020 ao menos três propostas da Pfizer que previam entrega de 70 milhões de doses de vacinas até dezembro deste ano. Desse total, 3 milhões estavam previstos até fevereiro, o equivalente a cerca de 20% das doses já distribuídas no país na ocasião.

Antes de anunciar o acordo, o governo vinha fazendo críticas à empresa, alegando que cláusulas “leoninas” impediam o contrato.

A principal crítica era em relação a uma cláusula que previa isenção de responsabilidade da empresa em caso de eventos adversos da vacina –exigência já usada em outros países.

De acordo com especialistas, o fato de o Brasil finalmente ter fechado o contrato facilita o recebimento de doses adicionais pela Covax Facility, uma vez que a farmacêutica americana demanda compromissos semelhantes no mecanismo.

Além da OMS, participam da aliança da Covax a Coalizão para Promoção de Inovações em prol da Preparação para Epidemias, a Aliança Mundial para Vacinas e Imunização e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

fonte: Folha Press

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

São Vicente terá dia e horários de vacinação contra Covid-19 ampliados em posto dentro do shopping

Com a entrada de um novo público-alvo na campanha da vacinação contra o covid-19, a Prefeitura por meio da Secretaria da saúde...

Profissionais da limpeza e coletores de lixo são vacinados contra a Covid-19, em São Vicente

Ao todo, foram vacinados 210 profissionais deste público-alvo, sendo 150 da Terracom e 60 da Coopernatureza. O ponto de...

Estado avalia possível área para construção de conjunto habitacional em São Vicente

Nesta quinta-feira (10), o prefeito de São Vicente Kayo Amado, junto com a Secretária de Habitação Camila Oliveira, e a Secretária do...

São Vicente imuniza contra o covid-19, munícipes de 55 a 59 anos, sem comorbidades

Nesta sexta-feira (11), São Vicente, antecipará a imunização de pessoas de 55 a 59 anos, sem comorbidades, que sejam cadastrados no programa...

São Vicente antecipa imunização de profissionais da Educação entre 18 a 44 anos para sexta-feira (11)

São Vicente, litoral Paulista, antecipará para sexta-feira (11), a imunização dos profissionais da Educação entre 18 a 44 anos, respeitando o Plano...