terça-feira, julho 5, 2022
27.1 C
São Vicente
27.1 C
Santos
26.2 C
Peruíbe
27.1 C
Praia Grande
24.4 C
Itanhaém
26.9 C
Guarujá
27 C
Mongaguá
27 C
Bertioga

Cubatão: Jovem produz e vende cachaça artesanal para driblar o desemprego

Leia mais

Toten é atropelado por Caminhão de Lixo no Rio Branco em S.Vicente

Nesta manhã de terça feira (5), um toten de segurança da prefeitura de São Vicente foi atingido por um caminhão de lixo.

Bandidos armados se passam por cliente e roubam loja de manutenção de celular em S.V

Dois criminosos são flagrados roubando uma loja de manutenção de celular em São Vicente, na Baixada Santista. O roubo...

Corpo é encontrado dentro de canal de Praia Grande

O corpo de um homem foi encontrado em um canal próximo ao Bairro Aviação, em Praia Grande, na Baixada Santista, na manhã...

Professora realiza sonho de criança autista de voar

Uma criança com transtorno do espectro autista, de apenas 10 anos, realizou o sonho de voar de helicóptero graças a atitude de...

Hugo Mange Groppe, de 20 anos, resolveu empreender produzindo cachaça artesanal. O jovem, morador de Cubatão (SP), amadureceu a ideia após ter que deixar para trás duas oportunidades de emprego, por não conseguir conciliar com a faculdade. Segundo ele, a inspiração para vender bebidas veio do pai, que produzia ‘canelinha’, uma espécie de licor de canela que fazia sucesso entre amigos e conhecidos da família.

Ao perceber que as oportunidades não se encaixavam com sua rotina de estudos, decidiu investir as economias em algo que pudesse dar certo. O estudante buscou a aprovação do pai, Marcio Groppe, que incentivou o rapaz desde o início, e até hoje ajuda no processo de produção. O negócio independente começou em julho do ano passado, o jovem criou perfis nas redes sociais e começou a divulgar o produto.

Segundo Hugo, assim que as vendas iniciaram, ele percebeu um novo desafio. “Muitas pessoas têm preconceito quando ficam sabendo que é cachaça, mas a nossa é algo mais suave, puxado para o licor, dá para tomar bastante. Quem prova gosta, só que muita gente tem preconceito antes de provar. Aconteceu muito isso, de as pessoas falarem que não bebiam, e quando experimentavam, mudavam de opinião”.

Groppe começou com a ‘canelinha’, que o pai já tinha costume de preparar para amigos e familiares. Após as primeiras vendas, o jovem sentiu necessidade de inovar, e atualmente o cardápio também já conta com cachaças nos sabores jenipapo, melancia, jabuticaba e jaca. Todo o processo de preparo foi ensinado pelo pai, que também é o degustador das cachaças, já que o rapaz não consome bebida alcoólica.

Do futuro, o empreendedor espera que o negócio cresça cada dia mais. “Eu quero colocar minha cachaça no mercado e comercializar pelo país, até mesmo no mundo. Estou sempre em busca de melhorar, já fiz parceria com blogueiras nas redes sociais, e também pedi ajuda para famosos”, conclui.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Toten é atropelado por Caminhão de Lixo no Rio Branco em S.Vicente

Nesta manhã de terça feira (5), um toten de segurança da prefeitura de São Vicente foi atingido por um caminhão de lixo.

Bandidos armados se passam por cliente e roubam loja de manutenção de celular em S.V

Dois criminosos são flagrados roubando uma loja de manutenção de celular em São Vicente, na Baixada Santista. O roubo...

Corpo é encontrado dentro de canal de Praia Grande

O corpo de um homem foi encontrado em um canal próximo ao Bairro Aviação, em Praia Grande, na Baixada Santista, na manhã...

Professora realiza sonho de criança autista de voar

Uma criança com transtorno do espectro autista, de apenas 10 anos, realizou o sonho de voar de helicóptero graças a atitude de...

Mais um espaço exclusivo para pets inaugurado em Santos

O quarto espaço pet foi inaugurado em Santos, na Baixada Santista. Totalmente dedicado aos animais, localizado na Praça Nossa Senhora Aparecida.