quinta-feira, setembro 23, 2021
17.4 C
São Vicente
17.3 C
Santos
16.8 C
Peruíbe
17.4 C
Praia Grande
17.4 C
Itanhaém
17.8 C
Guarujá
17.1 C
Mongaguá
19.3 C
Bertioga

Cubatão: Trabalhadores protestam por melhorias nas condições de trabalho em frente a refinaria

Leia mais

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

Na manhã desta sexta-feira (10), trabalhadores e sindicalistas protestam, em frente à Refinaria Presidente Bernardes (PRBC), da Petrobras, em Cubatão (SP). De acordo com os sindicalistas, o grupo reivindicou melhores condições de trabalho no local.

A manifestação que teve inicio às 7h e seguiu até 9h, com a presença de centenas de pessoas em frente à refinaria, não impediu que os trabalhadores que chegaram depois, entrassem na empresa para iniciar o expediente, mas foram orientados a ouvirem os representantes dos sindicatos sobre as reivindicações.

Estavam reunidos no local, representantes do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro), Sindicato dos Siderúrgicos e Metalúrgicos da Baixada Santista (STISMMMEC) e do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário (Sintracomos).

De acordo com Adaedson Costa, coordenador-geral do Sindipetro, eles reivindicam melhores condições de trabalho. Citando salário, instalações, transporte e assédio moral dentro da refinaria.

Por meio de nota, a Petrobras disse que no desenvolvimento de suas atividades realiza a contratação de empresas prestadoras de serviços e que não interfere nas relações entre as empresas contratadas, seus trabalhadores e sindicatos. A companhia reforça que todos seus contratos de serviço estão em conformidade com a legislação vigente. Segundo a Petrobras, a Refinaria Presidente Bernardes (RPBC) opera normalmente.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

TJ-SP exigirá comprovante de vacinação contra a covid-19 para liberar acesso de entrada em Fóruns

A partir da próxima segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça (TJ) passará a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para...