quinta-feira, setembro 23, 2021
17.4 C
São Vicente
17.3 C
Santos
16.8 C
Peruíbe
17.4 C
Praia Grande
17.4 C
Itanhaém
17.8 C
Guarujá
17.1 C
Mongaguá
19.3 C
Bertioga

Guarujá inicia vacinação com apenas 5% das doses necessárias

Leia mais

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

Guarujá recebeu, por volta das 8h30 desta quarta-feira (20), 4,6 mil doses da vacina contra a covid-19, quantidade 95% menor do que necessário para imunizar profissionais da saúde e idosos a partir de 60 anos. A partir das 11h30 de amanhã (21), 2,3 mil pessoas serão imunizadas.

Trabalhadores das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais serão os primeiros atendidos. Os demais grupos prioritários serão atendidos gradualmente, conforme o envio das vacinas à Cidade.

Inicialmente, o município solicitou ao Governo do Estado um quantitativo de 80 mil vacinas, que seriam suficientes para imunizar as 40 mil pessoas que fazem parte do grupo prioritário em duas doses.

Como o governo estadual abriu mão de plano de vacinação e aderiu ao Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, Guarujá passará a depender a partir de agora da destinação de mais doses por parte do Governo Federal.

Na medida em que os novos lotes forem chegando ao Município, serão verificados os quantitativos e haverá a ampliação do público-alvo, respeitando o grupo prioritário, que inclui os profissionais de saúde, indígenas e quilombolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

TJ-SP exigirá comprovante de vacinação contra a covid-19 para liberar acesso de entrada em Fóruns

A partir da próxima segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça (TJ) passará a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para...