quarta-feira, agosto 17, 2022
21 C
São Vicente
21 C
Santos
20.7 C
Peruíbe
21 C
Praia Grande
21.3 C
Itanhaém
20.9 C
Guarujá
20.9 C
Mongaguá
21 C
Bertioga

Periodontite aumenta em nove vezes risco de morte pela Covid-19

Leia mais

PF e COE descobrem droga com destino a Itália escondida em casco de navio no Porto de Santos

A Polícia Federal e Comando de Operações Especiais (COE), fez varredura de casco de navio no porto de santos, com objetivo de...

Cetesb aprova cerca no aeroporto do Guarujá e obras iniciam no 2º semestre de 2023

A Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou à deputada federal Rosana Valle (PL), em reunião...

E se deixar item de metal no carregador sem fio do carro?

O que acontece se deixarmos objetos metálicos no carregador de celular por indução? Eles podem esquentar e, no...

Santos oferece mais de 130 vagas de emprego

Santos, está disponibilizando mais de 130 vagas de emprego, em diversas áreas. Destas, 124 oportunidades são em uma grande rede de restaurantes.

A periodontite é uma doença na gengiva que pode desencadear problemas cardíacos, pulmonares e até derrame. Ela é decorrente de uma gengivite – infecção causada, principalmente, por higiene bucal mal feita e não tratada. Diferentemente da gengivite, que afeta apenas a gengiva, a periodontite atinge também os tecidos que dão suporte aos dentes, como o osso alveolar, redor da raiz dos dentes, e o ligamento periodontal, sistema fibroso que liga o dente ao osso alveolar.

“Muitas vezes a doença periodontal não manda sinais. Existe paciente que não está com a gengiva sangrando, não tem mau hálito e, mesmo assim, está com perda óssea,  está com periodontite. A gente chama de periodontite “silenciosa”. As maneiras de descobrir se a pessoa tem a doença ou não é por meio de um exame radiográfico e a utilização de uma sonda periodontal milimetrada, que avalia a perda óssea do dente”, diz a cirurgiã dentista Rose Marques.

O Portal Medical Xpress publicou que um grupo de cientistas revelou que pessoas com a doença têm aumento no risco de morte pela Covid-19. O estudo aponta uma possibilidade nove vezes maior de vir a óbito da Covid-19 quando se tem a doença gengival.

Foi analisado o histórico clínico de 568 pacientes infectados pelo SARS-CoV-2 entre os meses de fevereiro a julho de 2020, juntamente com a ficha odontológica das pessoas infectadas. O estudo apontou que 45% deles possuíam doença gengival. Foram levados em conta fatores principais de complicações da Covid-19, como idade, gênero, massa corporal e a presença de hábitos prejudiciais.

Os pesquisadores descobriram também que os pacientes com doença gengival são internados em UTI com uma frequência 3,5 vezes superior e acabam necessitando de ventiladores pulmonares em uma frequência 4,5 vezes superior.

Uma outra pesquisa publicada no California Dental Association Journal, capitaneada pelo cirurgião-dentista Shervin Molayem, faz a associação entre a periodontite e a Covid-19. O estudo aponta que o novo coronavírus é mais grave em quem tem a inflamação na gengiva e nos tecidos de suporte dos dentes.

Bactérias

No trabalho de Shervin Molayem ficou constatado que as bactérias nas gengivas percorrem o corpo humano e espalham a proteína IL-6, que é uma substância inflamatória prejudicial. Altos níveis dessa proteína preveem insuficiência respiratória, risco 22 vezes maior para complicações respiratórias. Manter a carga de bactérias bucais no mais baixo nível pode reduzir o risco de aspiração para o trato respiratório .

Os pacientes devem ser estimulados a escovar os dentes com creme dental fluoretado, sempre após as refeições e utilizar o fio dental.

“É muito importante a pessoa fazer um check-up, após os 40 anos, após fazer o tratamento, uma raspagem que elimina essas bactérias, e fazer uma manutenção de seis em seis meses. Nos casos mais graves, essa manutenção precisa ser de três em três meses”, afirma Rose Marques.

50%

A periodontite é uma doença muito comum entre a população adulta, perto de 50% delas sofrem com o problema. O descaso com o problema pode resultar com a perda dos dentes e no desenvolvimento de doenças sistêmicas.

A doença é grave, mas tem tratamento. Quanto mais rápido for feito o diagnóstico pelo dentista, menores são as consequências em relação à saúde bucal e estética do sorriso. Os principais sintomas são: sangramento da gengiva; histórico de higiene bucal prejudicada; infecção na estrutura dentária e no tecido gengival; presença de placa bacteriana entre os dentes e a gengiva.

Nos casos em que a doença está em um estágio mais leve, uma limpeza profunda já é o bastante para resolver o problema, porém, quando ela está avançada, é preciso de uma cirurgia.

Rose Marques faz um alerta para os fumantes. “Um detalhe é em quem fuma a perda óssea é muito maior do que em outras pessoas e esses pacientes tendem a perder os dentes na velhice. Eu costumo dizer: ou a pessoa quer fumar ou ter dentes. Quem tem doença periodontal e é fumante, a doença é três vezes mais rápida, mais fulminante. Como sou especialista em implante dentário, a maioria das pessoas que chega no meu consultório, com 75, 80 anos, com os dentes caindo, é por doença periodontal, essa perda óssea”.

Prevenção

A dica é manter uma boa higiene bucal, escovando os dentes sempre após as refeições e usando o fio dental com frequência. Recomenda-se uma uma dieta equilibrada, rica em frutas, legumes, verduras, sem alimentos com muito açúcar.O cigarro também deve ser evitado.

O periodontista deve ser visitado periodicamente para um check-up completo de saúde bucal e o procedimento para a remoção da placa bacteriana e o tártaro, principais causadores das doenças. Ele está capacitado para fazer o diagnóstico e tratamento de complicações no tecido de suporte dental – gengiva, ligamento periodontal e osso alveolar.

A Dra. Rose Marques – Estética Dental oferece a seus pacientes os seguintes serviços: Clínica Geral; Implante; Lentes de Contato; Facetas de Porcelana; Periodontia Tratamento de Gengiva; Clareamento; Carga Imediata; Endodontia; Tratamento de Canal; Profilaxia (Limpeza); Aplicação de Flúor; Enxerto; Levantamento de Seio Maxilar; Ortodontia; Aparelhos Autoligaveis; Cirurgias; Extração do 3º Molar (Siso); Gengivoplastia; Plástica Gengival; Inlay/Onlay; Substituição de Amálgama; Prótese; Coroas e Ponte Fixa de Porcelana; Dentística; Pequenas Fraturas e Restaurações e Odontopediatria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

PF e COE descobrem droga com destino a Itália escondida em casco de navio no Porto de Santos

A Polícia Federal e Comando de Operações Especiais (COE), fez varredura de casco de navio no porto de santos, com objetivo de...

Cetesb aprova cerca no aeroporto do Guarujá e obras iniciam no 2º semestre de 2023

A Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou à deputada federal Rosana Valle (PL), em reunião...

E se deixar item de metal no carregador sem fio do carro?

O que acontece se deixarmos objetos metálicos no carregador de celular por indução? Eles podem esquentar e, no...

Santos oferece mais de 130 vagas de emprego

Santos, está disponibilizando mais de 130 vagas de emprego, em diversas áreas. Destas, 124 oportunidades são em uma grande rede de restaurantes.

Após várias solicitações, faixas da via do Itararé são restauradas

Partindo das solicitações feitas pelo vereador Jhony Sasaki, após várias reclamações de munícipes, as faixas da Avenida Padre Manoel de Nóbrega e...