quinta-feira, maio 6, 2021
21.7 C
São Vicente
21.7 C
Santos
19.4 C
Peruíbe
21.7 C
Praia Grande
18.6 C
Itanhaém
21.7 C
Guarujá
18.3 C
Mongaguá
21.7 C
Bertioga

Contrariando o decreto de Doria, cidades do litoral norte reabrem bares e restaurantes

Leia mais

Trânsito: Campanha maio amarelo em São Vicente

Em busca de um trânsito mais seguro, a Secretaria de trânsito e transporte (SETRANS), realiza neste mês a campanha maio amarelo.Com...

Munícipes se revoltam com acampamento feito por moradores em situação de rua

Pessoas em situação de rua, armam acampamento embaixo de viaduto no bairro explanada do barreiros, isso está causando desconforto e transtornos aos...

Prefeitura de Praia Grande homenageia profissionais da saúde

Nesta última sexta-feira (30), a Prefeitura de Praia Grande homenageou os profissionais que atuam na linha de frente do Hospital Irmã Dulce.

baixada Santista registra 220 novos casos de covid-19 em 24 horas

Nas últimas 24 horas, foram registrado mais de 220 casos e sete mortes por covid-19 na baixada santista. Desde...

Com 435 mortes e 27.974 casos confirmados de Covid-19, três das quatro prefeituras do litoral norte de São Paulo afrouxaram as restrições de combate à pandemia e liberaram desde o último fim de semana o funcionamento de bares, restaurantes, quiosques de praias e cultos religiosos. A decisão contraria o decreto estadual em vigor desde a última segunda-feira (12), que colocou todo o território paulista na fase vermelha, permitindo apenas que serviços essenciais funcionem. Procurado, o governo estadual disse que acionará o Ministério Público sobre o descumprimento do decreto.

Os órgãos municipais do litoral norte já foram interpelados pelo Ministério Público. A Promotoria encaminhou ofício para a Prefeitura de Caraguatatuba na segunda-feira pedindo explicações sobre a decisão de expedir decreto municipal em dissonância com o Plano São Paulo. O prazo para resposta é de cinco dias.

O órgão também propôs uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) em março contra a Prefeitura de Ilhabela. No dia 23, foi movida também uma Adin contra Ubatuba porque, em semanas anteriores, o município autorizou o comércio a reabrir.

No último fim de semana, com o relaxamento das medidas, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba registraram grande movimento de turistas.

Com intenso calor, quiosques de praias como Martim de Sá e Prainha, em Caraguatatuba, aproveitaram para espalhar mesas na areia. A maioria dos turistas não usava máscaras e havia grupos de pessoas aglomeradas.

Ilhabela, que, no ano passado, chegou a proibir a entrada de turistas por dois meses, também teve praias e restaurantes movimentados. Na praia do Julião, não havia onde estacionar e muitos carros ficaram nas calçadas.

Atualmente, a cidade exige teste negativo de Covid-19, feito nas últimas 48 horas para a entrada no município aos finais de semana. No decorrer da semana, o acesso é liberado, sem restrição.

Em Caraguatatuba diversas igrejas voltaram a realizar cultos. E supermercados dos quatro municípios também estavam lotados, com filas na entrada.

A flexibilização, no entanto, agradou os comerciantes, que reclamam de prejuízo com os decretos. O Hotel Ilhabela, um dos mais tradicionais do arquipélago, inaugurado em 1959, fechou suas portas no dia 1º de abril e acompanha o cenário atual para decidir quando reabrirá.

“Com a fase emergencial, adotamos algumas medidas, como o rodízio de funcionários, para diminuir o trânsito deles no hotel, mas, posteriormente, tivemos que conceder férias coletivas”, diz a gerente Roberta Soares.

A empresária Fabiana Machado Vanderstappen, 44, também se viu obrigada a fechar o negócio que mantinha há dez anos na Vila, o centro turístico de Ilhabela. “Tivemos uma temporada fraca, pois em janeiro as restrições ficaram mais rígidas, e o auxílio não veio até agora. Então, decidimos fechar as portas de uma de nossas duas unidades.”

A Associação Comercial e Industrial de Ilhabela estima que ao menos dez hotéis e pousadas fecharam temporariamente na pandemia, entre os associados.

Segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, as prefeituras que descumprem o Plano São Paulo são notificadas pelo governo do estado, que, por sua vez, informa o Ministério Público para a tomada de providências.

Ainda de acordo com a pasta, com base em informações do Poder Judiciário, os decretos estaduais relacionados à pandemia prevalecem sobre normas dos municípios.

OUTRO LADO

Procuradas, as prefeituras de Caraguatatuba, com seu Comitê de Enfrentamento da Covid, de São Sebastião, que tem o Comitê de Gestão de Crise de Enfrentamento ao Coronavírus, e Ilhabela, com o Comitê da Saúde de Enfrentamento à Covid-19, afirmaram que todas as medidas são decididas após análises de dados referentes à pandemia, como o aumento no número de leitos hospitalares.

A administração de Caraguatatuba informou ainda que 440 estabelecimentos foram vistoriados no último fim de semana e que apenas um restaurante foi autuado, por não ter licença para funcionar. A prefeitura diz que a fiscalização vem atuando diariamente e que denúncias podem ser feitas por meio do telefone 156 até às 23h.

A Prefeitura de São Sebastião complementou dizendo que a cidade “está entre as cidades que mais proporcionam o isolamento social, método tido como um dos mais indicados pela Organização Mundial de Saúde”.

Já a Prefeitura de Ubatuba informou que vai seguir o decreto estadual e que, no momento, não há perspectiva de flexibilização.

fonte: Diário do Litoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Trânsito: Campanha maio amarelo em São Vicente

Em busca de um trânsito mais seguro, a Secretaria de trânsito e transporte (SETRANS), realiza neste mês a campanha maio amarelo.Com...

Munícipes se revoltam com acampamento feito por moradores em situação de rua

Pessoas em situação de rua, armam acampamento embaixo de viaduto no bairro explanada do barreiros, isso está causando desconforto e transtornos aos...

Prefeitura de Praia Grande homenageia profissionais da saúde

Nesta última sexta-feira (30), a Prefeitura de Praia Grande homenageou os profissionais que atuam na linha de frente do Hospital Irmã Dulce.

baixada Santista registra 220 novos casos de covid-19 em 24 horas

Nas últimas 24 horas, foram registrado mais de 220 casos e sete mortes por covid-19 na baixada santista. Desde...

Jhony Sasaki e Caio França reforçam pedido sobre acesso da Náutica e Tancredo

O vereador Jhony Sasaki e o deputado estadual Caio França reforçaram o pedido à Ecovias e ao Governo do Estado para que...