quinta-feira, setembro 23, 2021
17.4 C
São Vicente
17.3 C
Santos
16.8 C
Peruíbe
17.4 C
Praia Grande
17.4 C
Itanhaém
17.8 C
Guarujá
17.1 C
Mongaguá
19.3 C
Bertioga

Suspeito de estelionatário é preso com mais de 3 mil CPFs no litoral de SP

Leia mais

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

Na noite de terça-feira (15), um homem foi preso, suspeito de estelionatário em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O suspeito teria feito centenas de vítimas na cidade. Com ele, a Polícia Civil encontrou mais de 3 mil CPFs, utilizados nos crimes.

As equipes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Itanhaém (DISE), após investigações, realizaram a prisão. Com mandados de busca e apreensão, os policiais seguiram para a casa do criminoso, no bairro Guapurá.

No local, foram apreendidos 16 cartões bancários, quatro máquinas de cartão, seis notebooks, seis celulares e a quantia de R$ 2773. Ainda no imóvel, foram encontradas anotações de CPFs de pessoas que foram vítimas recentemente de furtos ou estelionato.

Nos computadores apreendidos, onde os policiais localizaram pastas com mais de 3 mil CPFs, utilizados pra prática dos crimes, além de instruções anotadas em folhas de papel sobre como agir para enganar as vítimas. A polícia também apreendeu um carro importado e sete relógios de luxo, todos itens comprados com o dinheiro dos golpes bancários.

Nos celulares apreendidos, os policiais encontraram áudios de home service do banco, utilizados pelo criminoso e que ajudavam a convencer a vítima que a ligação era mesmo da instituição.

O homem de 37 anos confessou os crimes e foi preso por estelionato e lavagem de dinheiro. Ele foi encaminhado para a cadeia pública. O caso segue em investigação.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Queiroga diz estar preocupado com a saúde; não com repercussão de gesto obsceno

Nesta quarta-feira (22), O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, diagnosticado com Covid-19,  falou sobre a repercussão de sua reação a um protesto de...

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

Após décadas de pesquisas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o primeiro teste molecular para hanseníase, inédito no país. Trata-se do Kit...

ketchup: Heinz lança edição especial com rótulo “plantável”

A Heinz lança uma promoção que dará 300 embalagens de seu ketchup com rótulos plantáveis. Convidando o consumidor a plantar e cultivar...

Mutirão da catarata: Pacientes que perdem a visão após cirurgia; buscam por justiça

Em um mutirão realizado em julho de 2017, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande, na baixada santista. Três idosos passaram...

TJ-SP exigirá comprovante de vacinação contra a covid-19 para liberar acesso de entrada em Fóruns

A partir da próxima segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça (TJ) passará a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para...