sábado, novembro 5, 2022
21.1 C
São Vicente
21.1 C
Santos
18.3 C
Peruíbe
21.1 C
Praia Grande
19.4 C
Itanhaém
21 C
Guarujá
20.9 C
Mongaguá
21.1 C
Bertioga

Guarujá: Famílias vítimas de desmoronamentos em 2020 aderem ao auxílio moradia emergencial

Leia mais

Rebeca Andrade é campeã mundial de ginástica

Rebeca Andrade provou ser o maior nome da ginástica brasileira na atualidade, conquistando o título do individual geral do Mundial de Ginástica...

Polícia Civil e MP investigam desvios de verba da educação em Santos e São Vicente

A 1ª Delegacia de Investigações Gerais da (DEIC) de Santos, com o apoio de promotores de Justiça do Gaeco do Ministério Público...

Mãe de adolescente flagrado dirigindo carro em rodovia responderá por crime de trânsito

Um adolescente de 15 anos foi flagrado pela Polícia Militar Rodoviária dirigindo um carro pela rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), na...

Criminosos se identificam como parente de moradora e tentam invadir apartamento 

Um casal se passou como parente de uma idosa para invadir um prédio, em Santos, na Baixada Santista, e tentaram arrombar a porta...

O Governo do Estado de São Paulo, oferece a adesão do Auxílio Moradia Emergencial (AME) as famílias vítimas dos deslizamentos que ocorreram nos morros de Guarujá, na baixada santista, em 2020. As assinaturas devem ser realizadas até esta sexta-feira (17), mediante agendamento.

Na última segunda-feira (13), a Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) iniciou o processo de assinatura de adesão do auxílio. São 491 famílias beneficiadas, entre a Barreira do João Guarda e o Morro da Bela Vista (Macaco Molhado).

O atendimento será das 9h às 15h, no paço municipal, localizado na Av. Santos Dumont, 640, mediante agendamento da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), empresa vinculada à Secretaria de Estado da Habitação. A CDHU entra em contato com os moradores que possuem direito ao benefício e realiza o agendamento.

O benefício no valor de R$ 300 mensais é pago desde março de 2020 pela CDHU, e foi renovado por mais 12 meses no início deste ano, desde que não tenha sido promovido atendimento habitacional às famílias beneficiadas. A Prefeitura de Guarujá ajudará às famílias vitimadas com um benefício de R$ 200, em complemento ao valor pago pelo estado, totalizando R$ 500 mensais para cobrir despesas com aluguel. 

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Rebeca Andrade é campeã mundial de ginástica

Rebeca Andrade provou ser o maior nome da ginástica brasileira na atualidade, conquistando o título do individual geral do Mundial de Ginástica...

Polícia Civil e MP investigam desvios de verba da educação em Santos e São Vicente

A 1ª Delegacia de Investigações Gerais da (DEIC) de Santos, com o apoio de promotores de Justiça do Gaeco do Ministério Público...

Mãe de adolescente flagrado dirigindo carro em rodovia responderá por crime de trânsito

Um adolescente de 15 anos foi flagrado pela Polícia Militar Rodoviária dirigindo um carro pela rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), na...

Criminosos se identificam como parente de moradora e tentam invadir apartamento 

Um casal se passou como parente de uma idosa para invadir um prédio, em Santos, na Baixada Santista, e tentaram arrombar a porta...

Menina morre afogada em caixa d’água improvisada de piscina em SV

Uma jovem de 15 anos morreu na tarde do último sábado (29)após se afogar em uma caixa d'água improvisada como piscina no...