quarta-feira, setembro 22, 2021
20.4 C
São Vicente
20.3 C
Santos
20.1 C
Peruíbe
20.4 C
Praia Grande
20.2 C
Itanhaém
20 C
Guarujá
19.9 C
Mongaguá
20.9 C
Bertioga

Nota de R$ 200: qual a razão?

Leia mais

TJ-SP exigirá comprovante de vacinação contra a covid-19 para liberar acesso de entrada em Fóruns

A partir da próxima segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça (TJ) passará a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para...

Baixada santista imuniza metade da população com a segunda dose contra a covid-19

Nesta terça-feira (21), a baixada santista registrou 50% da população vacinada contra a covid-19. Equivalente a 940.958 de pessoas imunizadas com a...

Jhony Sasaki articula vinda de empresas chinesas para São Vicente

O vereador de São Vicente, Jhony Sasaki, esteve na Câmara Chinesa de Comércio do Brasil, em São Paulo para buscar investimentos de...

Sem amor próprio; homem é preso suspeito de tentar matar jovem em bar por ciúmes em SP

Nesta última segunda-feira (20), um homem de 26 anos foi preso, no Centro de Miracatu, no interior de São Paulo, suspeito de...
Equipe Baixada Na Redehttp://baixadanarede.com
Time de jornalistas e produtores de conteúdo. Baixada Na Rede

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira (29/07) o lançamento da nota de 200 reais, que já foi aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A cédula terá como personagem o lobo-guará.

O Banco Central não divulgou imagens da nova nota, que deve entrar em circulação no final de agosto. Em 2020, 450 milhões de cédulas de 200 reais deverão ser impressas. 

O último lançamento de uma nota realizado no país foi em 2002, quando entrou em circulação a cédula de 20 reais. Atualmente, há seis tipos de notas: de 2, 5, 10, 20, 50 e 100 reais.

Segundo a diretora de administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, com o lançamento da nova nota, a instituição age preventivamente para um possível aumento da demanda da população por papel moeda. 

Segundo Barros, com a pandemia de covid-19, o número de cédulas em circulação diminuiu, com mais pessoas guardando dinheiro em casa. “Estamos vivendo um período de entesouramento, efeito derivado da pandemia. O Banco Central neste momento não consegue precisar por quanto tempo os efeitos do entesouramento devem perdurar”, afirmou Barros. 

A diretora destacou ainda que a impressão de novas cédulas não tem relação com a inflação e acrescentou que não há falta de numerário no mercado. Barros salientou que, diante da possibilidade de aumento da demanda, o Banco Central considerou o momento oportuno para o lançamento da nova nota.

A nova nota de 200 reais ainda está na fase final de testes de impressão. Somente depois deste período, serão divulgadas imagens da cédula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

TJ-SP exigirá comprovante de vacinação contra a covid-19 para liberar acesso de entrada em Fóruns

A partir da próxima segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça (TJ) passará a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para...

Baixada santista imuniza metade da população com a segunda dose contra a covid-19

Nesta terça-feira (21), a baixada santista registrou 50% da população vacinada contra a covid-19. Equivalente a 940.958 de pessoas imunizadas com a...

Jhony Sasaki articula vinda de empresas chinesas para São Vicente

O vereador de São Vicente, Jhony Sasaki, esteve na Câmara Chinesa de Comércio do Brasil, em São Paulo para buscar investimentos de...

Sem amor próprio; homem é preso suspeito de tentar matar jovem em bar por ciúmes em SP

Nesta última segunda-feira (20), um homem de 26 anos foi preso, no Centro de Miracatu, no interior de São Paulo, suspeito de...

Após descumprir medida protetiva e agredir ex-companheira; homem é preso em Juquiá, SP

Na última segunda-feira (20), um homem de 37 anos foi preso após descumprir diversas vezes uma medida protetiva em favor da ex-companheira...