terça-feira, julho 5, 2022
27.1 C
São Vicente
27.1 C
Santos
26.2 C
Peruíbe
27.1 C
Praia Grande
24.4 C
Itanhaém
26.9 C
Guarujá
27 C
Mongaguá
27 C
Bertioga

Baixada Santista é a região com o maior número de casos de chikungunya

Leia mais

Toten é atropelado por Caminhão de Lixo no Rio Branco em S.Vicente

Nesta manhã de terça feira (5), um toten de segurança da prefeitura de São Vicente foi atingido por um caminhão de lixo.

Bandidos armados se passam por cliente e roubam loja de manutenção de celular em S.V

Dois criminosos são flagrados roubando uma loja de manutenção de celular em São Vicente, na Baixada Santista. O roubo...

Corpo é encontrado dentro de canal de Praia Grande

O corpo de um homem foi encontrado em um canal próximo ao Bairro Aviação, em Praia Grande, na Baixada Santista, na manhã...

Professora realiza sonho de criança autista de voar

Uma criança com transtorno do espectro autista, de apenas 10 anos, realizou o sonho de voar de helicóptero graças a atitude de...

A baixada santista, no litoral de São Paulo, é a região com mais casos de chikungunya. O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da doença.

A população da região que já contraíram a doença, relatam os sintomas, forte dores pelo corpo, manchas na pele, muita coceira e depois de alguns dias, dores e inchaços nas articulações, dores que dificultam até nas tarefas simples do cotidiano. Lembrando que se não tratado devidamente, por um profissional, as dores podem se tornarem crônicas.

Dos 2.169 casos registrados no Estado de São Paulo, 2.091 estão na Baixada Santista, ou seja, cerca de 96% dos casos. Em 2020, foram registrados 184 casos na região, o que representa um aumento de 1.036% em relação aos números deste ano. As cidades com maior número são: Santos, com 1.187 casos, Guarujá com 504 e São Vicente com 160 casos.

“Ele [mosquito] se dissemina de forma intensa em determinadas microrregiões. A gente viu isso na Bahia, na região norte do país e agora estamos observando isso aqui em São Paulo”, disse o médico infectologista Marcos Caseiro.

Segundo ele, as sequelas podem ficar com o paciente por bastante tempo. “Pessoas que tem alguma doença como artrite previamente são as pessoas que mais comumente têm evoluído para uma forma crônica”, fala.

Chikungunya

A pessoa com chikungunya apresenta febre, náuseas e vômitos, olhos avermelhados, pele avermelhada, dores articulares bilaterais (dor no joelho direito e esquerdo simultaneamente, por exemplo), dores de cabeça.

Os sintomas da dengue são febre, náuseas e vômitos, manchas pelo corpo, dores musculares, dores nas juntas, dores de cabeça, dores nos olhos, pequenos hematomas. Sinais de alarme: Dor abdominal, vômitos persistentes, água no pulmão, sangramento de mucosas, sonolência e letargia e pressão baixa.

Fonte: G1 Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Toten é atropelado por Caminhão de Lixo no Rio Branco em S.Vicente

Nesta manhã de terça feira (5), um toten de segurança da prefeitura de São Vicente foi atingido por um caminhão de lixo.

Bandidos armados se passam por cliente e roubam loja de manutenção de celular em S.V

Dois criminosos são flagrados roubando uma loja de manutenção de celular em São Vicente, na Baixada Santista. O roubo...

Corpo é encontrado dentro de canal de Praia Grande

O corpo de um homem foi encontrado em um canal próximo ao Bairro Aviação, em Praia Grande, na Baixada Santista, na manhã...

Professora realiza sonho de criança autista de voar

Uma criança com transtorno do espectro autista, de apenas 10 anos, realizou o sonho de voar de helicóptero graças a atitude de...

Mais um espaço exclusivo para pets inaugurado em Santos

O quarto espaço pet foi inaugurado em Santos, na Baixada Santista. Totalmente dedicado aos animais, localizado na Praça Nossa Senhora Aparecida.