sexta-feira, maio 27, 2022
23.3 C
São Vicente
23.3 C
Santos
19.3 C
Peruíbe
23.3 C
Praia Grande
20.6 C
Itanhaém
23.3 C
Guarujá
23.1 C
Mongaguá
23.3 C
Bertioga

Pílula anticoncepcional causa trombose no olho de jovem em Santos, SP

Leia mais

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

A jovem Alannes Siqueira Badaró, de 23 anos, moradora de Santos, na Baixada Santista, carrega sequelas de uma trombose que desenvolveu no olho direito devido ao uso de pílula anticoncepcional por cinco anos. Anvisa aponta que mulheres que usam pílulas têm risco de 4 a 6 vezes maior de desenvolver tromboembolismo venoso.

Ela teria começado a tomar a pílula anticoncepcional aos 14 anos, porque tinha muitas espinhas e foi orientada a começar o uso do remédio por ginecologistas, não sendo informada pelo profissional dos possíveis efeitos colaterais. Aos 19 anos desenvolveu a trombose no olho.

Alannes relata que teve um incômodo no olho, como se tivesse areia. Ao coçá-lo com as duas mãos, passou o desconforto, mas cinco minutos depois, as duas vistas escureceram, como estivesse cega. A sensação durou cerca de dois minutos, e ela entrou em desespero, porque não sabia o que estava acontecendo. “Quando passou, minha visão voltou, mas meu olho direito ainda parecia que tinha um plástico, uma sujeira”, conta. Ela levantou e lavou o olho, mas no espelho não conseguia ver nada aparente.

Após o ocorrido, uma consulta de emergência foi marcada com uma oftalmologista. Que encaminhou a jovem ao um hematologista. “Os novos exames realmente constataram a trombose. Na época, logo após isso, eu não conseguia enxergar direito. E, apesar de o médico ter orientado a mudança nos hábitos, ele não me passou nenhum remédio, e até hoje sinto o desconforto no meu olho, a cicatriz da trombose. Depois disso, não usei mais a pílula”, explica.

A trombose no olho pode causar desde o defeito visual leve até a cegueira. Tendo os sintomas, é preciso ter acompanhamento de especialista o mais rápido possível, para tratamento e para haver a menor sequela possível.

Atualmente, o tratamento é feito via medicação oral, com anticoagulantes, e local, de duas formas – ou com aplicações de raio laser ou com infusão de remédios dentro do olho.

Fonte: G1 santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Projeto ‘É Hora de Arte’ retorna em Praia Grande 

O projeto É Hora de Arte retorna para a Baixada Santista, com oficinas gratuitas de teatro, dança, circo e grafite para crianças de 7...

Motorista de aplicativo tenta dopá jovem durante corrida em Santos

Uma jovem alega que um motorista de aplicativo em Santos, na Baixada Santista, tentou dopá-la durante uma corrida. A vítima conta que,...

A partir de julho os quiosques do Gonzaguinha serão transferidos para o Itararé em São Vicente, SP 

Os quiosques da praia do Gonzaguinha serão transferidos para unidades da Praia do Itararé em São Vicente, na Baixada Santista. A medida foi...

Polícia localiza barraco do crime em Santos

A Polícia Civil em Santos, na Baixada Santista, localizou um barraco usado para preparo e estoque de drogas. Além das drogas, anotações...

26 de maio, Dia de Concientização Nacional do Glaucoma

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo -...